sicnot

Perfil

Novo Governo

Propostas para a Saúde

Propostas para a Saúde

Um dos temas mais sensíveis é a saúde que, inevitavelmente, foi debatida hoje por Pedro Passos Coelho e António Costa, no Museu da Eletricidade, em Lisboa. Passos disse que "o Sistema Nacional de Saúde hoje tem mais qualidade, os indicadores de Saúde são melhores", mas Costa ripostou dizendo que "o que aconteceu no SNS foi precisamente o ir além da troika".

  • Disponibilidade para Consenso
    8:22

    Novo Governo

    Com vista as eleições do dia 4 de outubro, importa saber qual é a disponibilidade para consenso que têm quer Pedro Passos Coelho, quer António Costa. O líder da coligação "Portugal à Frente" diz que espera "que seja possível um entendimento sobre a Segurança Social depois das eleições" e o Secretário-Geral do PS afirma que "a Segurança Social precisa de medidas para assegurar a sustentabilidade".

  • Combate ao Desemprego
    15:32

    Novo Governo

    Combate ao desemprego foi outra das temáticas debatidas entre Pedro Passos Coelho e António Costa, hoje, nos três canais generalistas. Neste tópico, Costa afirma que "temos de criar emprego digno, com qualidade e com futuro" e Passos defendeu o seu Governo dizendo que "nunca tivemos um setor exportador tão pujante como hoje".

  • Carga Fiscal
    17:41

    Novo Governo

    "Em 2016 faremos um crédito fiscal se as receitas ficarem acima do orçamentado", foi uma das declarações de Pedro Passos Coelho sobre o tema: carga fiscal. Já António Costa diz que o "conjunto de compromissos que assumimos é assumido com conta, peso e medida".

  • As presidenciais de 2016
    1:49

    Novo Governo

    Sobre o tópico das presidenciais de 2016, nenhum dos protagonistas do debate se quis pronunciar. A confirmar isso mesmo temos as declarações, quer de Pedro Passos Coelho ("Não confundirei as campanhas, não vou confundir o debate"), quer de António Costa ("O PS, na altura própria, vai pronunciar-se nessa matéria").

  • Justiça e Política
    2:12

    Novo Governo

    Na análise do que defendem cada um dos candidatos do debate realizado hoje no Museu da Eletricidade, em Lisboa, importa saber, também, o que pretendem Pedro Passos Coelho e António Costa nos campos da justiça e política. Passos não quis comentar o caso de Miguel Macedo, nem de "outros atrasos na justiça" e Costa disse que o Estado não lhe deu nada, "comprou pelo preço justo os terrenos do aeroporto".

  • A sustentabilidade da Segurança Social
    4:37

    Novo Governo

    Pedro Passos Coelho e António Costa são os protagonistas de um debate que, com eleições "à porta", interessa a todos os portugueses. Assim como um dos temas discutidos: a sustentabilidade da Segurança Social. Para Passos "um cidadão tem de ter a garantia que o Estado vai fazer a reforma que lhe garanta a pensão". Já Costa ataca o líder da coligação "Portugal à Frente" dizendo que "quem o ouve dizer que não vai cortar pensões, recorda-se de si há quatro anos".

  • Política e Confiança
    13:08

    Novo Governo

    O debate entre Pedro Passos Coelho e António Costa com vista as eleições de 4 de outubro começou sob o tema "Política e Confiança". Para o líder da coligação "Portugal à Frente", "se não formos capazes de ter estabilidade e confiança, a esperança não aparecerá", enquanto que o Secretário-Geral do PS ataca dizendo que "o Doutor Passos Coelho não cumpriu no Governo aquilo a que se comprometeu na campanha".

  • Governabilidade
    3:15

    Novo Governo

    Uma das questões postas no debate de hoje entre Pedro Passos Coelho e António Costa foi se se demitiriam no caso de perderem as eleições de 4 de outubro. Os candidatos deram respostas esquivas, com Passos a dizer que não faz "especulação sobre qualquer cenário pós-eleitoral" e Costa a garantir que "ambicionamos ganhar com maioria absoluta".

  • Propostas para a Saúde
    10:39

    Novo Governo

    Um dos temas mais sensíveis é a saúde que, inevitavelmente, foi debatida hoje por Pedro Passos Coelho e António Costa, no Museu da Eletricidade, em Lisboa. Passos disse que "o Sistema Nacional de Saúde hoje tem mais qualidade, os indicadores de Saúde são melhores", mas Costa ripostou dizendo que "o que aconteceu no SNS foi precisamente o ir além da troika".

  • "Mea" Culpa
    2:06

    Novo Governo

    O último dos temas levados a debate hoje entre Pedro Passos Coelho e António Costa foi o "mea" culpa. Cada um dos candidatos às eleições do próximo dia 4 de outubro teve a oportunidade de se "retratar" para os eleitores. Passos Coelho começou por dizer "que me arrependa, propriamente, não há nada", mas acrescentou que "agora, faria muitas coisas de outra maneira". No que diz respeito a Costa, o "sentimento" foi o mesmo, como comprova a declaração feita pelo próprio: "não me arrependo, estou de consciência tranquila com o que fiz".

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.