sicnot

Perfil

Novo Governo

Passos e Portas quiseram mostrar união mas nem sempre andaram lado a lado

Passos e Portas quiseram mostrar união mas nem sempre andaram lado a lado

Pedro Passos Coelho acusa o PS de querer fazer experiências perigosas com a Segurança Social. Já Paulo Portas diz que António Costa está a comportar-se como se o chão lhe estivesse a fugir debaixo dos pés. Neste arranque de campanha, os dois parceiros da coligação quiseram mostrar união, mas nem sempre andaram lado a lado.

  • Catarina Martins diz que partidos devem ter bom senso na escolha dos locais de campanha
    0:37

    Novo Governo

    O Bloco de Esquerda diz que Pedro Passos Coelho pode apoiar, pessoalmente, as causas que quiser, mas como primeiro-ministro tem de assumir as responsabilidades e resolver o problema dos lesados do BES. Sobre os insultos e tentativas de agressão aos líderes da coligação, no mercado de Braga, Catarina Martins sublinhou que os partidos devem ter bom senso na escolha dos locais de campanha.

  • O BI do MPT
    1:00

    Novo Governo

    Dezasseis forças políticas vão a votos nas eleições legislativas de 4 de outubro. Apenas 12 concorrem aos 22 círculos eleitorais. Todos os dias, a SIC dá-lhe a conhecer cada uma das opções que vai ter no boletim de voto. Hoje é a vez do Partido da Terra.

  • Passos e Portas recebidos com protestos e insultos em Braga
    3:05

    Novo Governo

    Passos Coelho e Paulo Portas foram hoje recebidos com protestos e insultos no mercado municipal de Braga. Na primeira ação de pré-campanha da coligação, o primeiro-ministro foi abordado por cidadãos preocupados com as pensões, o desemprego e a falta de medicamentos e ouviu várias queixas de lesados do BES. Num desses momentos, comprometeu-se a organizar uma subscrição pública para que os lesados sem recursos económicos, possam recorrer aos tribunais.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11