sicnot

Perfil

Novo Governo

Passos Coelho acusa PS de querer reescrever o passado

Passos Coelho acusa PS de querer reescrever o passado

Esta manhã em Espinho, o líder da coligação Portugal à Frente falou em "contorcionismo" dos socialistas para não assumirem a culpa p2lo que chama de "desastre de 2011".

  • Passos Coelho volta a responsabilizar PS pelo pedido de resgate
    1:15

    Novo Governo

    Passos Coelho volta a sublinhar as responsabilidades do Partido Socialista no resgate que Portugal teve de pedir. O líder da coligação Portugal à frente acusou mesmo os socialistas, esta manhã em Espinho, de fazerem "contorcionismo" para evitar as responsabilidades no estado em que encontraram o país há 4 anos.

  • Paulo Portas apela ao voto em Espinho
    0:38

    Novo Governo

    Paulo Portas voltou a culpar o Partido Socialista pela vinda da troika em 2011. Em Espinho, o número dois da Coligação Portugal à Frente apelou ao voto do eleitorado por um país que consiga gerar confiança e oportunidades de emprego.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.