sicnot

Perfil

Novo Governo

Costa recupera paixão de Guterres pela educação em Faro

Costa recupera paixão de Guterres pela educação em Faro

António Costa recuperou, num comício no Algarve, a paixão de Guterres pela educação. No rescaldo do debate, que teve de manha, na rádio com Pedro Passos Coelho, o líder socialista desvalorizou ainda os comentários sobre o seu desempenho. Entende que mais importante será vencer nas urnas.

O líder socialista defendeu hoje, num comício em Faro, que a educação tem que voltar a ser uma "paixão" em Portugal, recuperando a ideia usada por António Guterres em 1995, quando foi eleito primeiro-ministro.

"É hora de voltarmos a dizer, como dissemos há 20 anos, que a educação tem que ser de novo uma paixão deste país e é necessário investir na nossa educação", declarou António Costa, defendendo que uma das grandes causas da próxima legislatura deve ser o combate ao insucesso e abandono escolar.

Durante um comício realizado no centro da capital algarvia, o secretário-geral do PS defendeu que o ensino pré-escolar deve ser alargado às crianças a partir dos três anos, porque quanto mais cedo as crianças iniciarem o seu período escolar, mais garantias haverá de maior sucesso escolar.

"Ao contrário do que este governo pensa, a escola não serve para selecionar os excelentes e excluir os demais, a escola serve para incluir todos", referiu António Costa, acrescentando ainda que deve ser dada maior atenção nas escolas às crianças com Necessidades Educativas Especiais.

Por outro lado, defendeu, é necessário enriquecer os currículos, "não só repondo o inglês, mas apostando agora também no ensino artístico", que classificou como "fundamental" para desenvolver a criatividade das crianças.

Durante o seu discurso, António Costa acusou o Governo de ter cortado na ciência, na cultura, no ensino superior e de ter mandado os jovens emigrarem, defendendo que é necessário "fiscalizar e punir quem abusa dos recibos verdes" como forma de combater a precariedade laboral.

Contou que, durante uma conversa que teve com vários jovens que tinham emigrado para diferentes pontos do mundo, verificou que apenas dois tinham saído do país por não terem arranjado ocupação em Portugal, já que a maioria apenas encontrou "estágios sobre estágios, recibos verdes sobre recibos verdes e contratos a prazo sobre contratos a prazo".

Costa aproveitou também para criticar indiretamente Passos Coelho, sem o nomear, referindo que não chegou agora à política e que não veio "de atividades em empresas de objeto social obscuro".

"Estou há muitos anos na vida política e sei que um político sério só há uma coisa que verdadeiramente acumula ou não ao longo da sua atividade política, que é a sua credibilidade, e esse é mesmo o meu único património", observou.

Paulo Portas também foi um dos alvos de Costa, ao dizer que o líder dos parceiros de coligação tinha um "relogiozinho" que contava "os meses, as semanas, os dias, as horas, os minutos e os segundos para a saída da troika", mas que quando chegou ao zero, "ficou tudo na mesma", já que o Governo é "a verdadeira troika".

António Costa aproveitou ainda para deixar um conselho "a quem pode ter a ilusão de que vai ganhar muito, confiando as suas poupanças à especulação financeira", recordando o caso do Banco Espírito Santo e avisando as pessoas para pensarem bem onde colocam o seu dinheiro.

Depois do debate com Passos Coelho e de um almoço em Odemira, no Alentejo, António Costa, deslocou-se ao Algarve, tendo passado por Loulé e encerrado o dia de pré-campanha com o comício em Faro.

Para além do líder socialista, no comício discursaram os presidentes do PS/Faro, Luís Graça, e do PS/Algarve, António Eusébio, a presidente da Câmara de Portimão e mandatária da candidatura na região, Isilda Gomes, e o cabeça de lista pelo Algarve, José Apolinário.

Com Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Mundo tornou-se "mais sombrio e mais instável" em 2016

    Mundo

    O mundo tornou-se em 2016 "um local mais sombrio e mais instável", devido ao agravamento de conflitos como a Síria e dos "discursos do ódio" na Europa e Estados Unidos, considerou hoje a Amnistia Internacional no seu relatório anual.

  • Semáforos no chão para os mais distraídos

    Mundo

    Na cidade holandesa de Bodegraven, está a ser testado um sistema de semáforos para quem usa o telemóvel na rua. Estes semáforos têm a forma de faixas, que são colocadas no chão, e a luz muda de cor consoante o trânsito, tal como os semáforos já existentes.

    André de Jesus

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.