sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

CNE considera que frase usada pelo PCTP/MRPP não constitui crime

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considerou esta quinta-feira que "não constituiu qualquer tipo de crime" a frase "Morte aos Traidores" usada em material da campanha eleitoral do PCTP/MRPP, entendendo tratar-se de uma "metáfora".

Numa ação de campanha hoje na Covilhã, o candidato do PCTP/MRPP por Lisboa às eleições legislativas, Garcia Pereira, afirmou que a suspensão da frase "morte aos traidores" do material de campanha deste partido não isenta os traidores da morte certa. (Arquivo)

Numa ação de campanha hoje na Covilhã, o candidato do PCTP/MRPP por Lisboa às eleições legislativas, Garcia Pereira, afirmou que a suspensão da frase "morte aos traidores" do material de campanha deste partido não isenta os traidores da morte certa. (Arquivo)

RUI MINDERICO / Lusa

As várias queixas sobre a frase "Morte aos Traidores" usada no material de campanha do PCTP/MRPP e, entretanto suspensa pelo partido, foi um dos assuntos analisado hoje à tarde pela CNE.

O porta-voz da CNE, João Almeida, disse à agência Lusa que a Comissão Nacional de Eleições só pode analisar os tempos de antena (pagos pelo Estado), mas como o PCTP/MRPP já suspendeu do seu material de campanha eleitoral a frase, não se justifica uma notificação ao partido para retirar essa expressão.

João Almeida adiantou que a CNE "não encontrou matéria" que possa constituir "qualquer tipo de crime", pelo que não vai remeter a questão para o Tribunal Constitucional.

O porta-voz da CNE disse, ainda, que "os visados não se queixaram", não tendo o assunto "ultrapassado o nível de uma metáfora".

O PCTP/MRPP anunciou hoje, em comunicado, que suspendeu do seu material de campanha eleitoral para as eleições legislativas de 4 de outubro a frase "Morte aos Traidores".

Numa ação de campanha hoje na Covilhã, o candidato do PCTP/MRPP por Lisboa às eleições legislativas, Garcia Pereira, afirmou que a suspensão da frase "morte aos traidores" do material de campanha deste partido não isenta os traidores da morte certa.

Garcia Pereira limitou-se a explicar que a decisão de suspender a campanha foi tomada no sentido de dar respostas "às objeções suscitadas pela mandatária nacional para a juventude", Virgínia Valente, e que abrange todos os meios da campanha eleitoral, nomeadamente os tempos de antena.

Esta semana, em Palmela, Garcia Pereia, defendeu que é preciso "correr com os traidores da Pátria e recuperar a independência do país", o que causou várias críticas e indignação em vários setores da sociedade.

Panfletos do partido para as eleições legislativas 2015 começavam com a frase "Morte aos Traidores! Fora do Euro".

A CNE analisou também, na reunião de hoje, a participação do presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), Marinho e Pinto, sobre o programa de Ricardo Araújo Pereira na TVI, tendo este organismo remetido uma avaliação para o final de "Isto é tudo muito bonito, mas".

João Almeida explicou que, não se tratando de um tempo de antena, a CNE só tem competência para se pronunciar se o programa beneficiou ou prejudicou um partido, pelo que essa avaliação será feita no final.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC