sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Garcia Pereira diz que suspensão da frase não isenta traidores da morte certa

O candidato do PCTP/MRPP por Lisboa às eleições legislativas, Garcia Pereira, afirmou hoje que a suspensão da frase "morte aos traidores" do material de campanha deste partido não isenta os traidores da morte certa.

"Obviamente que essa decisão não tem o mérito de fazer isentar os traidores do opróbrio e da morte certa que os espera", afirmou.

Garcia Pereira falava na Covilhã, distrito de Castelo Branco, à margem de uma ação de campanha que levou a cabo na Universidade da Beira Interior e durante a qual contactou com alguns alunos daquela instituição.

Questionado pelos jornalistas sobre o facto de hoje o PCTP/MRPP ter anunciado que suspendeu do seu material de campanha eleitoral para as eleições legislativas de outubro a frase "Morte aos Traidores", Garcia Pereira limitou-se a explicar que a decisão foi tomada no sentido de dar respostas "às objeções suscitadas pela mandatária nacional para a juventude", Virgínia Valente, e que abrange todos os meios da campanha eleitoral, nomeadamente os tempos de antena.

Sobre a ação que levou a cabo, lembrou que a mesma visou "denunciar o estrangulamento a que a cultura e ciência estão a ser submetidas por este Governo e por outro lado o emparedamento do futuro da juventude".

No contacto com os alunos, alguns dos quais vão votar pela primeira vez, o candidato abordou diversos assuntos, como o desemprego, a emigração, o mar, a agricultura e a Europa, ao mesmo tempo que fazia o apelo direto ao voto.

Nesse sentido, repetiu diversas vezes que os jovens não podem deixar "o futuro por mãos alheias", nem aceitar a ideia de que Portugal é um país condenado.

Um fatalismo que também não aceita para o interior do país: "Encerram-se hospitais, encerram-se maternidades, encerram-se centros de saúde, encerram-se estações do correio, encerram-se tribunais, e portanto vai-se condenando as populações, sobretudo destas zonas do interior, à completa desertificação e evidentemente ao envelhecimento e abandono, mas isso não é uma fatalidade do destino, é a consequência de uma política que transformou o nosso país, não num país livre e desenvolvido, mas numa coutada da Europa alemã".

Durante a tarde, Garcia Pereira estará nas Minas da Panasqueira, seguindo depois para Castelo Branco.

O candidato do PCTP/MRPP pelo círculo eleitoral de Lisboa às eleições legislativas de 04 de outubro, Garcia Pereira, defendeu esta semana, em Palmela, que é preciso "correr com os traidores da Pátria e recuperar a independência do país", o que causou várias críticas e indignação em vários setores da sociedade.

Panfletos do partido para as eleições legislativas 2015 começavam com a frase "Morte aos Traidores ! Fora do Euro".

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.