sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Vieira da Silva lembra "frase antiga" para criticar o Governo

O cabeça de lista do PS por Santarém, Vieira da Silva, lembrou hoje uma "frase antiga" para criticar o Governo que "mais aumentou as desigualdades" e agora advoga querer combater esses mesmos desequilíbrios.

"O primeiro-ministro que mais aumentou as desigualdades diz-nos agora que vai dedicar a sua atenção ao combate às desigualdades. E é aí que vem à memória uma frase antiga: pode alguém ser quem não é?", questionou o socialista, que prontamente respondeu à sua própria questão: "Não, não pode".

Vieira da Silva falava num comício em Almeirim, distrito de Santarém, e discursava perante um lotado Cineteatro local, onde todas as cadeiras estavam preenchidas e foram várias as pessoas que escutaram de pé a sua intervenção.

O socialista, ex-deputado e ex-ministro dos governos de José Sócrates, vincou que "não há nenhuma alternativa para a mudança, não há nenhuma alternativa de governo" que não passe por "não votar no PS".

PSD e CDS-PP, prosseguiu, seguem um "exercício de esquecimento de anos que foram dramáticos e marcam ainda infelizmente de forma prolongada a vida de todos" os portugueses.

Passos Coelho "não foi capaz de defender os interesses do país" perante uma crise de que Portugal, diz Vieira da Silva, não foi responsável.

"Pode alguém ser hoje o que não foi capaz de ser durante quatro anos?", insistiu o antigo ministro.

Vieira da Silva falou ainda do anúncio de hoje do primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, de que cerca de 1.200 milhões de euros de fundos europeus serão pagos às empresas até ao final deste mês.

"Por momentos pensei que queria dizer até 04 de outubro. É que até agora não chegou nada", ironizou Vieira da Silva, referindo-se à data das legislativas.

Antes de Vieira da Silva falou o presidente da federação distrital de Santarém do PS, António Gameiro, que lembrou que António Costa, secretário-geral do partido, "honrou sempre a sua palavra", ao contrário de Passos que só nos últimos tempos "veio três vezes ao Ribatejo mentir".

"Só há um voto de alternativa ao Governo: um voto no PS", advogou, descrevendo a alternativa socialista como uma de "rigor", pautada por pessoas que estudaram e se prepararam para ir para o governo.

Antes ainda, o presidente da Câmara de Almeirim, o socialista Pedro Ribeiro, enalteceu a enchente no cineteatro local, um "significado" do que se passa no país.

O autarca pediu uma "maioria absoluta" para "mudar o país" e para as pessoas "voltarem a ter esperança e alegria".

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:46

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".