sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

"Todos os que querem mudança têm de concentrar votos no PS"

​O antigo dirigente socialista António Vitorino fez hoje um apelo ao voto no PS nas legislativas de outubro pois só o seu partido, advogou, pode concretizar a mudança de rumo político em Portugal.

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

"Todos os que querem mudança têm de concentrar o voto em António Costa e no PS", alertou Vitorino, que falava num comício no Porto, junto à torre dos Clérigos.

O responsável disse compreender quem pense votar noutros partidos da oposição, mas sublinhou que é preciso "cuidado" e uma reflexão profunda no voto.

A procura de uma "mudança quimérica" pode "deixar tudo na mesma", sinalizou Vitorino, que se justificou posteriormente: "Ao não concentrar votos no PS [os cidadãos] estarão confrontados com os rostos de Passos Coelho e Paulo Portas para os próximos quatro anos", teme o socialista, numa frase que mereceu apupos e assobios quando foram ecoados os nomes dos líderes de PSD e CDS-PP.

E prosseguiu: "Não escondemos o nosso programa, dizemos ao que vimos, apostamos no diálogo político com todos, sem nenhuma exclusão, e na concertação social".

António Costa "vai liderar o Governo que Portugal precisa", acredita António Vitorino, insistindo que é preciso "dar força à verdadeira alternativa de que a direita tem medo, a alternativa do PS".

PSD e CDS-PP, vincou o antigo comissário europeu, têm "passado mais tempo a atacar o PS do que a falar do futuro de Portugal", e apresentam nesta campanha eleitoral duas ideias: esconder e criar medo no povo.

"Esconderam 250 mil empregos perdidos, esconderam 350 mil portugueses que tiveram de emigrar, esconderam que a riqueza do país hoje está ao nível do final dos anos 1990", elencou António Vitorino.

Posteriormente, acrescentou que "lata não falta" quando pede que o PS dialogue com a maioria, puxando para o espírito de diálogo dos socialistas.

"Onde estava o doutor Paulo Portas nestes quatro anos em que o PS foi apresentado pela coligação como fonte de todos os males deste país e às vezes mesmo de todo o mundo?", questionou o socialista, dizendo que conseguiu ouvir as declarações de hoje de Portas "no meio dos protestos dos lesados do BES" junto das ações de campanha da coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP).

Vitorino disse ainda que o líder do CDS-PP "foi destacado para atacar o PS mas ele não está sozinho" nessa missão.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".