sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Legislativas custam cerca de 8,5 milhões de euros ao Estado

As eleições legislativas de 04 de outubro têm um custo para o Estado de cerca de 8,5 milhões de euros, que se destinam maioritariamente ao pagamento dos membros das mesas de voto e tempos de antena.

Tendo em vista as eleições autárquicas, o recenseamento eleitoral está suspenso desde 31 de julho, até ao dia seguinte às eleições (Lusa/ Arquivo)

Tendo em vista as eleições autárquicas, o recenseamento eleitoral está suspenso desde 31 de julho, até ao dia seguinte às eleições (Lusa/ Arquivo)

ANTONIO COTRIM

O secretário-geral adjunto da Administração Eleitoral, Jorge Miguéis, avançou à agência Lusa que a organização das eleições legislativas custa ao Estado cerca de 8,5 milhões de euros, sendo as verbas "mais significativas o pagamento aos membros das mesas eleitorais e as indemnizações às estações de rádio e televisão pela emissão dos tempos de antena".

No caso das mesas de voto, Jorge Miguéis especificou que existem cerca de 11.800 mesas de voto espalhadas pelo país, compostas por cinco membros, que vão receber 50 euros cada um.

Os presidentes das câmaras municipais definem os locais onde são instaladas as mesas de voto.

Mais de nove milhões de eleitores residentes em território nacional e no estrangeiro são chamados a votar nas eleições de 04 de outubro para escolher 230 deputados.

A estas legislativas concorrem 16 forças políticas, das quais três são coligações e as restantes 13 partidos.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.