sicnot

Perfil

Novo Governo

Costa acredita que terá de fazer orçamento retificativo se for eleito

HOJE NA SIC NOTÍCIAS

Costa acredita que terá de fazer orçamento retificativo se for eleito

António Costa acredita que vai ter de apresentar um orçamento retificativo, se for eleito primeiro-ministro. O secretário-geral do PS considera que as contas do governo atual não estão bem feitas e têm de ser revistas. A revelação foi feita numa entrevista a José Gomes Ferreira, que vai poder ver logo à noite, na SIC Notícias.

  • Catarina Martins diz que está preparada para formar governo
    22:30

    Novo Governo

    Catarina Martins diz que está preparada para formar governo. Numa entrevista a José Gomes Ferreira, numa série de breves entrevistas a alguns líderes partidários, a porta-voz do Bloco de Esquerda assume que o programa eleitoral do partido, caso seja eleito para ser governo, custará 6 mil milhões de euros aos cofres públicos. Catarina Martins diz que este dinheiro vai servir para devolver salários, pensões e prestações sociais e dar assim um estímulo aos portugueses e à economia. Defende também uma reestruturação da dívida e quanto à hipótese de sair do euro, diz apenas que um país deve estar preparado para todos os cenários.

  • José Gomes Ferreira entrevista Passos Coelho
    26:29

    Novo Governo

    Pedro Passos Coelho confirma que, se for reeleito, vai baixar a TSU dos patrões para a segurança social. Numa entrevista a José Gomes Ferreira, num espaço de breves entrevistas a alguns líderes partidários, o líder da coligação garante ainda que não vai voltar a cortar as pensões a pagamento. Sobre o PS, diz que António Costa vai dar cabo das finanças do país, mas não acredita que os portugueses dêem a vitória ao Partido Socialista.

  • As mulheres na clandestinidade durante o Estado Novo
    7:32

    País

    Não se sabe quantas mulheres portuguesas viveram na clandestinidade durante o Estado Novo, mas estiveram sempre lado a lado com os homens que trabalhavam para o Partido Comunista na luta contra a ditadura. Aceitavam serem separadas dos filhos e mudarem de identidade várias vezes ao longo dos anos. A história de algumas destas mulheres estão agora reunidas num livro que acaba de ser lançado.