sicnot

Perfil

Novo Governo

As reações dos líderes partidários à sondagem SIC/Expresso

As reações dos líderes partidários à sondagem SIC/Expresso

Nas reações à mais recente sondagem feita para a SIC e para o Expresso antes das eleições legislativas, os líderes partidários afirmam que o que conta são os resultados de domingo. Se António costa diz que sente, nas ruas, o eleitorado a favor do PS, também Pedro Passos Coelho diz que esta sondagem traduz a impressão positiva que tem tido no contacto com os eleitores.

  • Sondagem dá vitória à coligação a três dias das eleições
    2:49

    Novo Governo

    Se as eleições fossem hoje a coligação Portugal à Frente seria a vencedora, com cinco pontos de avanço sobre o partido socialista. É este o resultado da última grande sondagem feita para a SIC e para o Expresso antes das legislativas do próximo domingo. PSD e CDS conseguem mais votos e mais deputados, mas não conseguem a maioria absoluta.

  • Marinho e Pinto diz que sondagens privilegiam partidos do sistema
    0:38

    Novo Governo

    Na reação à sondagem feita para a SIC e para o Expresso antes das eleições legislativas, Rui Tavares, do partido Livre/Tempo de Avançar, disse, sem comentar diretamente os resultados, que tem sentido um descontentamento geral para com os partidos tradicionais. Já Marinho e Pinto, do PDR, afirma que as sondagens são feitas para privilegiar os partidos do sistema.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06