sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Sócrates vai votar sem escolta policial

A defesa de José Sócrates disse esta sexta-feira que o ex-primeiro ministro socialista vai votar no domingo "sem escolta policial". Até porque de outra forma não o faria, "por questões de dignidade pessoal", afirmou João Araújo, em declarações à Lusa.

O juiz Carlos Alexandre determina por despacho a prisão domiciliária de José Sócrates, que se encontrava detido em prisão preventiva há 288 dias.

O juiz Carlos Alexandre determina por despacho a prisão domiciliária de José Sócrates, que se encontrava detido em prisão preventiva há 288 dias.

Lusa

"O engenheiro José Sócrates nunca aceitaria votar, como várias vezes o disse, com escolta policial por razões de dignidade pessoal e para não condicionar o ato eleitoral", disse João Araújo em declarações à Lusa.

Segundo o advogado, José Sócrates, em prisão domiciliária desde 4 de setembro, deixou claro que "nunca aceitaria votar com escolta policial, para que o espetáculo não condicionasse o acto eleitoral".

"Essa escolta [policial] não existirá", acrescentou.

João Araújo adiantou que José Sócrates já informou o juiz de Instrução Criminal, Carlos Alexandre, sobre as questões pertinentes relacionadas com o exercício de voto.

José Sócrates foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito, tendo ficado preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora.

A medida de coação foi alterada para prisão domiciliária, com vigilância policial, a 4 de setembro.

Com Lusa

Lusa

  • Quase 200 queixas por dia sobre serviços de saúde em 2017
    1:46

    País

    Foram apresentadas, em 2017, quase 200 queixas por dia sobre o funcionamento dos serviços de saúde públicos e privados. As questões administrativas e os tempos de espera foram as principais razões das mais de 70 mil reclamações recebidas pela Entidade Reguladora da Saúde.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Tribunal pede documentos sobre o BES ao Banco de Portugal

    Economia

    O Tribunal Administrativo de Lisboa deu esta quinta-feira ao Banco de Portugal 20 dias para entregar as ata das reuniões das 48 horas antes da resolução do BES. O regulador da banca foi chamado a prestar esclarecimentos sobre a queda do Banco Espírito Santo, em 2014.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.