sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

António Costa felicita Passos e Portas pelo resultado alcançado

​O secretário-geral do PS felicitou hoje os líderes da coligação PSD/CDS-PP, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, pelo "resultado que alcançaram" nas legislativas de hoje, destacando também a menor abstenção verificada no sufrágio deste domingo face a 2011.

"Felicito o doutor Pedro Passos Coelho e o doutor Paulo Portas pelo resultado que alcançaram nestas eleições legislativas", vincou António Costa no começo da sua intervenção no Hotel Altis, em Lisboa, declarando posteriormente que "ninguém levará a mal" que a saudação "mais calorosa" seja para os militantes do PS e da Juventude Socialista.

Costa deixou ainda uma saudação "a todas e todos os candidatos" adversários "nas diferentes candidaturas que com a sua ação política contribuíram para enriquecer a diversidade e escolha política em Portugal".

O PSD/CDS-PP é a força política mais votada com 37.19 % dos votos e com 75 mandatos nas eleições legislativas de hoje, quando estão apurados os resultados provisórios em 3024 das 3092 freguesias, de acordo com os dados da secretaria-geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral.

EM ATUALIZAÇÃO

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.