sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Eleitores que estejam em filas de espera às 19:00 devem votar

A Comissão Nacional de Eleições considera que devem ser admitidos os votos dos eleitores que se encontrem nas filas para votar às 19:00, hora de encerramento das urnas.

MIGUEL A. LOPES

Num comunicado emitido hoje pelas 17:40, a Comissão Nacional de Eleições (CNE) afirma ter transmitido aos presidentes de juntas de freguesia que "devem ser admitidos a votar os cidadãos eleitores que às 19 horas, horário de enceramento das assembleias de voto, se encontrem nas filas para votar, assinalando-se o último eleitor da fila".

O esclarecimento da CNE surge menos de uma hora e meia antes do encerramento das assembleias de voto em Portugal Continental e na Madeira.

Na freguesia de Algés, por exemplo, uma alteração do local de votação está a provocar "uma enorme confusão" com tempos de espera para votar superiores a uma hora.

A Câmara Municipal de Oeiras assumiu já o "erro" de ter alterado o local de votação em Algés.

Os eleitores da freguesia de Algés sempre votaram na Escola Secundária de Miraflores, mas para este ato eleitoral a Câmara de Oeiras decidiu alterar o local para o Pavilhão Celorico Moreira, uma decisão que a autarquia reconhece "não ter corrido bem".

Mais de 9,6 milhões de eleitores são hoje chamados a votar para a escolha de 230 deputados à Assembleia da República, resultado que ditará também a escolha de um futuro Governo.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07