sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Eleitores que estejam em filas de espera às 19:00 devem votar

A Comissão Nacional de Eleições considera que devem ser admitidos os votos dos eleitores que se encontrem nas filas para votar às 19:00, hora de encerramento das urnas.

MIGUEL A. LOPES

Num comunicado emitido hoje pelas 17:40, a Comissão Nacional de Eleições (CNE) afirma ter transmitido aos presidentes de juntas de freguesia que "devem ser admitidos a votar os cidadãos eleitores que às 19 horas, horário de enceramento das assembleias de voto, se encontrem nas filas para votar, assinalando-se o último eleitor da fila".

O esclarecimento da CNE surge menos de uma hora e meia antes do encerramento das assembleias de voto em Portugal Continental e na Madeira.

Na freguesia de Algés, por exemplo, uma alteração do local de votação está a provocar "uma enorme confusão" com tempos de espera para votar superiores a uma hora.

A Câmara Municipal de Oeiras assumiu já o "erro" de ter alterado o local de votação em Algés.

Os eleitores da freguesia de Algés sempre votaram na Escola Secundária de Miraflores, mas para este ato eleitoral a Câmara de Oeiras decidiu alterar o local para o Pavilhão Celorico Moreira, uma decisão que a autarquia reconhece "não ter corrido bem".

Mais de 9,6 milhões de eleitores são hoje chamados a votar para a escolha de 230 deputados à Assembleia da República, resultado que ditará também a escolha de um futuro Governo.

Lusa

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Portugal perde 22 mil empregos por ano por causa da pirataria
    1:52

    País

    Todos os anos, Portugal perde cerca de mil milhões de euros e mais de 22 mil empregos por causa à pirataria. Hoje assinala-se o dia mundial da propriedade intelectual. Uma área que diz respeito a todas as formas de arte e, entre outras, ao jornalismo.

  • Astronauta francês fotografa Portugal para assinalar o 25 de Abril
    1:53