sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Governo espanhol felicita Passos Coelho pela vitória nas legislativas

A vice-presidente do Governo espanhol, Soraya Sáenz de Santamaría, felicitou hoje a coligação PSD/CDS-PP pela vitória nas eleições legislativas em Portugal, considerando que os cidadãos reconheceram "os esforços tremendos para sair da crise".

Soraya Sáenz de Santamaría, vice-presidente do Governo espanhol, com Mariano Rajoy (Arquivo)

Soraya Sáenz de Santamaría, vice-presidente do Governo espanhol, com Mariano Rajoy (Arquivo)

© Andrea Comas / Reuters

Numa declaração aos jornalistas antes de inaugurar a primeira cimeira mundial do turismo de compras, em Madrid, a "número dois" de Mariano Rajoy (PP, direita no poder) recordou os "esforços tremendos" feitos por Portugal nos últimos anos para sair da crise, iniciar uma retoma e recuperar plena autonomia económica.

"Creio que os cidadãos reconheceram isso", disse Sáenz de Santamaría, acrescentando que Espanha continuará a ter a máxima colaboração com Portugal.

"Somos dois países vizinhos e irmãos, com muitíssimos vínculos, a nossa economia e a nossa sociedade estão muito interligadas", sublinhou a vice-presidente, para quem agora "é preciso continuar a trabalhar".

No domingo, o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, tinha também felicitado o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, pela vitória nas eleições legislativas, afirmando que "os portugueses ficam a ganhar" com o resultado.

Numa curta mensagem nas redes sociais Rajoy felicitou Pedro Passos Coelho "pela sua vitória numa jornada eleitoral que foi um exemplo de civismo. Os portugueses ficam a ganhar".

A coligação PSD/CDS-PP ganhou as eleições legislativas de domingo em Portugal, elegendo 104 deputados, mas perdeu a maioria absoluta que detinha até agora. O Partido Socialista, de António Costa, manteve-se como a segunda força política no parlamento, com 85 deputados. Ainda estão por atribuir quatro mandatos, referentes aos círculos da emigração.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.