sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

MPT satisfeito com resultado "positivo" apela a bom senso na AR

O presidente do MPT destacou hoje o resultado "francamente positivo" conseguido nas legislativas pelo partido e apelou ao "bom senso" entre os partidos com assento parlamentar para evitar que seja necessário um novo sufrágio.

Lusa

"Os portugueses decidiram novamente dar o voto de confiança à coligação. A coligação tem de governar e os partidos com assento parlamentar têm de se entender e têm de deixar governar a coligação que foi eleita pela vontade dos portugueses", afirmou à agência Lusa José Inácio Faria.

Para o presidente do MPT -- Partido da Terra, que conseguiu 0,42% dos votos, "não faz sentido ouvir algumas declarações de alguns dirigentes políticos de alguns partidos políticos que se pronunciaram (...) relativamente ao resultado destas eleições com um discurso de inviabilização da ação executiva deste próximo governo".

"Não pode ser, nós não podemos voltar a novas eleições, tem de haver governabilidade de consenso. Não podemos passar em eleições permanentes", assinalou.

Lembrando que "cada ato eleitoral custa milhões ao erário público", Inácio Faria apelou ao "bom senso" e a "uma política de consensos na Assembleia da República".

Sobre o resultado conseguido pelo MPT, que conquistou mais um ponto percentual que em 2011, destacou que "estas eleições tiveram novos protagonistas" que "entraram" no que disse ser "o espaço de intervenção" do partido.

"Globalmente, penso que o resultado foi bom para o Partido da Terra, uma vez que nós conseguimos superar a dispersão de votos que estas eleições trouxeram", frisou, acrescentando mesmo que "foi francamente positivo".

O presidente do MTP adiantou que o partido irá agora preparar as presidenciais e até já começou "a trabalhar para as próximas eleições autárquicas".

Ainda sobre os resultados das legislativas, quis "congratular os votantes, porque houve uma redução de votos em branco desde as últimas eleições e isto acaba por ser um toque positivo".

Mais de 9,6 milhões de eleitores foram hoje chamados a votar para a escolha de 230 deputados à Assembleia da República.

A estas eleições concorreram 16 forças políticas, entre as quais três coligações.

Lusa

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.