sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

"Documento Facilitador" propõe acelerar remoção da sobretaxa e atualizar salário mínimo

PSD e CDS-PP estão disponíveis para acelerar a remoção da sobretaxa. No "Documento facilitador de um compromisso entre a coligação Portugal à Frente (PaF) e o Partido Socialista para a governabilidade de Portugal" enviado ao PS, e a que a TSF teve acesso, a coligação abre ainda a porta a uma atualização do salário mínimo nacional.

Reunião a 9 de outubro de 2015.

Reunião a 9 de outubro de 2015.

© Rafael Marchante / Reuters

No documento com 13 páginas, PSD e CDS-PP admitem deixar cair o plafonamento das pensões, horizontal e vertical. E sugerem que se avance, em conjunto com os parceiros socials, com um processo de reforma da Segurança Social que possa garantir a sustentabilidade do sistema.

Uma das medidas propostas passa pela diversificação das fontes de rendimento, uma ideia que foi defendida pelo PS durante a campanha eleitoral.

A coligação insiste, no entanto, que a Segurança Social precisa de um reforço de financiamento na ordem dos 600 milhões de euros, mas volta a afastar qualquer corte nas pensões a pagamento.

PSD e CDS-PP sugererem ainda uma reavaliação da condição de recurso nas prestações sociais não contributivas bem como um aumento do abono de família.

Ao todo são duas dezenas de propostas, quase todas inspiradas no programa do Partido Socialista, que vão servir de base à conversa desta tarde entre a coligação e o PS.

Acordo de princípios para um compromisso

O documento que a coligação enviou ao PS prevê a definição de um acordo de princípios que assenta num compromisso para a não rejeição do programa de Governo e para a negociação do Orçamento do Estado do próximo ano.

PSD e CDS-PP garantem que não se trata de um cheque em branco às propostas do futuro Governo, mas de uma definição de regras e métodos de negociação ao longo da legislatura. Para isso, a coligação propõe a negociação prévia das linhas gerais do Orçamento, entre os três partidos.

No documento, Passos Coelho e Paulo Portas sublinham a disponibilidade para negociar a atualização do Programa de Estabilidade e comprometem-se a assegurar o esforço mínimo de ajustamento estrutural que respeite as regras do tratado orçamental e do semestre europeu. Propõem, nesse sentido, a constituição de uma equipa técnica composta por elementos dos três partidos para acertar uma proposta que possa servir de base para a negociação com a Comissão Europeia.

Este acordo de principios prevê ainda que se procurem soluções consensuais no Parlamento, desde logo para a eleição dos órgãos da Assembleia da República.

  • Costa, Passos e Portas encontram-se às 18:00 no Rato
    1:30

    Novo Governo

    É oficial, a reunião tem hora marcada para as 18:00. Segunda tentativa para um acordo entre o PS e a coligação, António Costa, Passos Coelho e Paulo Portas voltam hoje a encontrar-se, desta vez na sede dos socialistas, no Largo do Rato, em Lisboa. Em cima da mesa vai estar um documento que a coligação enviou ontem ao líder do PS e que vai servir de base de negociação.

  • Habitantes de Almeida barricaram-se durante seis horas em agência da CGD
    2:31

    País

    Perto de 100 pessoas estiveram esta quarta-feira barricadas na agência da Caixa Geral de Depósitos em Almeida, distrito da Guarda. O protesto contra o encerramento da agência só terminou quase seis horas depois, com a garantia que os autarcas serão recebidos na próxima terça-feira pela Administração do banco público. 

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Trump volta a apelar ao fim do programa nuclear de Pyongyang
    1:43

    Mundo

    Donald Trump voltou a apelar à Coreia do Norte para que abandone o programa nuclear e opte pela via do diálogo. O Presidente dos Estados Unidos chamou à Casa Branca, para uma reunião extraordinária, todos os senadores norte-americanos para serem informados sobre a atual crise com a Coreia do Norte.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Papa apelou à revolução da ternura
    0:52
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • Diário de John F. Kennedy vendido por 660 mil euros

    Mundo

    Um diário escrito por John F. Kennedy quando jovem, durante uma curta passagem pelo jornalismo, depois da II Guerra Mundial, foi vendido por mais de 700 mil dólares (642 mil euros), informou esta quarta-feira uma casa de leilões.