sicnot

Perfil

Novo Governo

Costa diz que coligação não tem feito o mesmo esforço que a esquerda pela estabilidade do país

Costa diz que coligação não tem feito o mesmo esforço que a esquerda pela estabilidade do país

O secretário-geral do PS não fecha portas ao diálogo. À entrada para uma reunião dos socialistas europeus, em Bruxelas, António Costa fez questão de sublinhar que a coligação não tem feito o mesmo esforço que a esquerda na busca de soluções de estabilidade para o país.

  • Costa diz que resposta de Passos às dúvidas do PS foram insuficientes
    1:51

    Novo Governo

    O PS diz que a coligação não respondeu de forma clara às duvidas socialistas. A SIC teve acesso a essas respostas enviadas por Passos Coelho. O Governo reconhece que há, de facto, riscos de o buraco das contas aumentar ainda este ano. PSD e CDS admitem que o Estado gastou mais em salários e teve de injetar vários milhões numa subsidiária da Caixa Geral de Depósitos.

  • Adriano Moreira diz que PR pode ter de aceitar Governo de esquerda
    1:08

    Novo Governo

    Adriano Moreira diz que o Presidente da República terá de aceitar um Executivo à esquerda liderado por António Costa caso o programa de governo da Coligação chumbe no Parlamento. Em entrevista à Antena 1, o professor emérito da Universidade de Lisboa considera que não existe um problema de legitimidade na decisão, mas primeiro Pedro Passos Coelho tem que negociar para garantir que consegue formar governo.

  • Costa não comenta críticas no interior do Partido Socialista
    0:27

    Novo Governo

    António Costa não comenta as críticas no interior do Partido Socialista. Diz que os críticos falam, apenas, sem conhecimento das negociações que estão a decorrer. Questionado, à entrada para uma reunião do Partido Socialista Europeu, em Bruxelas, sobre críticas de figuras do partido, como Francisco Assis, a uma aliança do PS com os partidos à sua esquerda, António Costa começou por lembrar que o mandato que a comissão política nacional lhe conferiu "é muito claro" e foi "expresso de forma inequívoca, com 67 votos a favor e quatro contra".

  • "Oposição angolana deve atualizar-se"
    0:53

    Mundo

    Alexandra Simeão, antiga vice-ministra da Educação em Angola, mostra-se surpreendida com a rapidez das mudanças introduzidas por João Lourenço no país. A analista política disse ainda à SIC que estas mudanças são uma oportunidade para a oposição angolana se profissionalizar e atualizar.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27