sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Nóvoa diz ser preciso "enorme confiança na maturidade da democracia"

O candidato presidencial Sampaio da Nóvoa disse hoje que é preciso uma "enorme confiança na maturidade da democracia em Portugal" e reiterou encarar como "impensável" que não seja empossado um Governo de maioria no parlamento.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

FERNANDO VELUDO

"Não vejo que haja nenhuma possibilidade no nosso regime constitucional de não dar posse a um Governo que tenha uma maioria parlamentar. Representa uma maioria de decisões e de votos dos portugueses, representa uma maioria da vontade dos portugueses e seria absolutamente impensável que um Governo desses não fosse empossado", afirmou o antigo reitor da Universidade de Lisboa à entrada da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto onde iria participar na conferência "Conhecimento, Cidadania e Desenvolvimento".

De acordo o professor catedrático, "está-se a verificar agora que era preciso abrir o leque das possibilidades, que era preciso pensar a democracia numa outra abertura que ela não tinha tido nos últimos anos ou nas últimas décadas".

Questionado sobre o que espera que o Presidente da República venha a dizer às 20:00 de hoje, Sampaio da Nóvoa escusou-se a responder, sublinhando que tem seguido "com muita atenção estes dias, que têm sido dias muito interessantes para a democracia e para a política em Portugal".

O candidato à Presidência da República deixou ainda "uma palavra de muito estímulo, de muito reconhecimento a todos os partidos que ao longo destes dias têm procurado formas de entendimento, formas de diálogo".

O Presidente da República faz hoje à noite, após as 20:00, uma comunicação ao país, depois de concluída a audição dos partidos sobre a formação do novo Governo, disse à Lusa fonte oficial da Presidência da República.

Na quarta-feira, o Presidente da República concluiu as audições aos sete partidos com assento parlamentar sobre a nomeação do primeiro-ministro.

Lusa

  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.