sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Nóvoa diz ser preciso "enorme confiança na maturidade da democracia"

O candidato presidencial Sampaio da Nóvoa disse hoje que é preciso uma "enorme confiança na maturidade da democracia em Portugal" e reiterou encarar como "impensável" que não seja empossado um Governo de maioria no parlamento.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

FERNANDO VELUDO

"Não vejo que haja nenhuma possibilidade no nosso regime constitucional de não dar posse a um Governo que tenha uma maioria parlamentar. Representa uma maioria de decisões e de votos dos portugueses, representa uma maioria da vontade dos portugueses e seria absolutamente impensável que um Governo desses não fosse empossado", afirmou o antigo reitor da Universidade de Lisboa à entrada da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto onde iria participar na conferência "Conhecimento, Cidadania e Desenvolvimento".

De acordo o professor catedrático, "está-se a verificar agora que era preciso abrir o leque das possibilidades, que era preciso pensar a democracia numa outra abertura que ela não tinha tido nos últimos anos ou nas últimas décadas".

Questionado sobre o que espera que o Presidente da República venha a dizer às 20:00 de hoje, Sampaio da Nóvoa escusou-se a responder, sublinhando que tem seguido "com muita atenção estes dias, que têm sido dias muito interessantes para a democracia e para a política em Portugal".

O candidato à Presidência da República deixou ainda "uma palavra de muito estímulo, de muito reconhecimento a todos os partidos que ao longo destes dias têm procurado formas de entendimento, formas de diálogo".

O Presidente da República faz hoje à noite, após as 20:00, uma comunicação ao país, depois de concluída a audição dos partidos sobre a formação do novo Governo, disse à Lusa fonte oficial da Presidência da República.

Na quarta-feira, o Presidente da República concluiu as audições aos sete partidos com assento parlamentar sobre a nomeação do primeiro-ministro.

Lusa

  • Rúben Lima nega crimes de corrupção no processo Cashball
    6:04

    Desporto

    Rúben Lima, um dos 8 jogadores suspeitos de terem sido aliciados por intermediários ao serviço do Sporting para beneficiar o clube de Alvalade, nega todos os crimes investigados pela Polícia Judiciária. Numa entrevista exclusiva à SIC, o jogador do Moreirense garante que não conhece nenhum dos quatro arguidos detidos no âmbito do processo Cashball.

    Exclusivo SIC

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • Rui Rio alerta que violações do segredo de justiça ameaçam democracia
    2:16

    País

    Rui Rio diz que não pede demissões "a cada esquina" e prefere aguardar pelas respostas do ministro Adjunto Siza Vieira, sobre o alegado conflito de interesses com os acionistas chineses da EDP. O líder do PSD esteve esta terça-feira reunido com a direção nacional da Polícia Judiciária, onde defendeu que a violação do segredo de justiça é insustentável e ameaça o regime democrático.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • A maior obra de reconversão urbana em Portugal 20 anos depois
    3:47