sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Portas reúne-se amanhã com novo Grupo Parlamentar do CDS-PP

O presidente do CDS-PP, Paulo Portas, reúne-se amanhã com o novo grupo parlamentar centrista na Assembleia da República, divulgou hoje fonte oficial da bancada.

Lusa/Arquivo

Lusa/Arquivo

MIGUEL A. LOPES

A reunião de Paulo Portas com os novos parlamentares decorrerá pelas 12:50, depois de pelas 10:00 o parlamento que resultou das eleições legislativas de 04 de outubro se reunir pela primeira vez. À tarde, pelas 15:00, os deputados elegem o novo presidente da Assembleia da República.

O secretário-geral do PS propôs hoje, durante a reunião com o seu novo Grupo Parlamentar, o antigo líder socialista Ferro Rodrigues como candidato a presidente da Assembleia da República, enquanto a Comissão Política Nacional do PSD se reúne hoje à noite, devendo tomar uma decisão sobre uma candidatura ao cargo.

Nesta XIII legislatura que começa na sexta-feira, o CDS-PP passou a terceira força política, com 18 deputados, enquanto em 2011, quando concorreu em listas separadas do PSD elegeu 24 parlamentares.

A eleição do novo presidente da Assembleia da República está marcada para as 15:00 desta sexta-feira, depois de às 10:00 se realizar a primeira sessão plenária, com a composição do parlamento resultante das legislativas de 04 de outubro, em que a coligação PSD/CDS-PP foi a força mais votada, mas sem maioria absoluta de deputados.

Por cinco vezes, até 1991, houve duas candidaturas ao cargo de presidente da Assembleia da República, mas nos últimos 20 anos tem sido apresentado apenas um candidato, pelo partido mais votado nas legislativas.

Segundo o Regimento, as candidaturas a presidente da Assembleia da República devem ser subscritas por, pelo menos, um décimo dos deputados, que no total são 230, e têm de ser apresentadas até duas horas antes do momento da eleição.

Desde 1976, depois do socialista Henrique de Barros ter presidido à Assembleia Constitucional, a Assembleia da República teve os seguintes presidentes: Vasco da Gama Fernandes (PS), Teófilo Carvalho dos Santos (PS), Leonardo Ribeiro de Almeida (PSD), Francisco Oliveira Dias (CDS), Tito de Morais (PS), Fernando Amaral (PSD), Vítor Crespo (PSD), Barbosa de Melo (PSD), Almeida Santos (PS), Mota Amaral (PSD), Jaime Gama (PS) e Assunção Esteves (PSD).

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.