sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

PS considera incompreensível "demora" de Passos e silêncio de Cavaco

O presidente do PS considerou hoje incompreensível "a demora" do primeiro-ministro em anunciar a composição do Governo e em apressar a apresentação do respetivo programa, assim como o silêncio do chefe de Estado face a esta situação.

TIAGO PETINGA / Lusa

Estas críticas de Carlos César a Pedro Passos Coelho e a Aníbal Cavaco Silva constam de uma nota enviada à agência Lusa, na qual também se acusa o executivo cessante de pretender "concluir uns quantos negócios à pressa" e fazer "à socapa centenas de nomeações".

"Não se compreende a demora do primeiro-ministro indigitado em apresentar a composição do Governo para tomar posse e apressar a apreciação do programa do governo. Temos que passar adiante", afirma Carlos César, que, na quarta-feira, deverá suceder a Ferro Rodrigues nas funções de líder parlamentar do PS.

Para Carlos César, na atual conjuntura, "Portugal não pode perder tanto tempo e não deve ficar com um Governo que não governa e que só quer concluir uns quantos negócios à pressa, e consolidar por toda a parte e à socapa centenas de nomeações para controlo partidário futuro da administração".

Depois, o presidente do PS refere-se especificamente a Cavaco Silva: "Nem se compreende que o Presidente da República o permita".

"Para uns efeitos o Presidente da República fala a mais e para outros a menos. Assim não", acrescenta o ex-presidente do Governo Regional dos Açores, entre 1996 e 2012.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51