sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

PS ataca programa "liberal" do PSD/CDS e Passos a "radicalização" socialista

O PS acusou hoje o Governo PSD/CDS de manter o memorando da 'troika' no seu programa liberal, mas o primeiro-ministro contrapôs que são os socialistas quem se radicalizam e afastaram-se do centro político.

Lusa

Lusa

MIGUEL A. LOPES

Estas posições foram trocadas pelo vice-presidente da bancada do PS Pedro Nuno Santos e pelo líder do executivo, Pedro Passos Coelho, no primeiro confronto do debate do programa de Governo, no qual o dirigente socialista criticou o caráter liberal do programa do executivo PSD/CDS.

"Como é que depois de ter perdido o apoio maioritário da população portuguesa e de não ter o apoio parlamentar pensaria em concretizar o seu projeto liberal? Não é a 'troika' (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia), nem o memorando, que justifica a projeto liberal que foi implementado desde 2011, porque a 'troika' já não está cá, o memorando também não, mas o projeto liberal continua no programa de Governo", declarou o dirigente socialista.

A reposta do primeiro-ministro foi dura e acusou o atual PS de virar à esquerda, frisando que "a maioria europeia não é uma maioria qualquer, mas uma maioria maior".

"Mas, ouvindo o senhor deputado, é muito mais importante enumerar um conjunto de medidas avulsas, voltadas para o curto prazo e para um pulsar mais populista. Quero dizer ao PS, incluindo o seu secretário-geral [António Costa], que ao recusar a maioria maior - a maioria europeia -, verdadeiramente, é o PS quem está a afastar-se do centro político e a radicalizar a sua posição, deixando em risco aquilo que são os esforços de Portugal de recuperação consistente", afirmou, recebendo uma prolongada salva de palmas.

Lusa

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.