sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Passos diz que programa da esquerda penaliza "condições de crescimento"

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, defendeu hoje que investidores e credores vão retrair-se perante ideias que implicam "degradação orçamental" do programa alternativo da esquerda e que isso penalizará "as condições de crescimento da economia".

Lusa

Lusa

MIGUEL A. LOPES

"Creio que hoje posso dizer que se ganharem adesão ideias que tenho vindo a observar, a ler a ouvir - que implicam uma certa degradação do caminho consolidação orçamental que temos vindo a praticar, que impliquem um processo muito mais célere de recuperação de rendimentos do que aquele que pode ser sustentado pelo crescimento da economia - exista por parte dos investidores e dos nossos credores uma retração que acabará por penalizar as condições de crescimento da economia portuguesa", afirmou Passos Coelho no parlamento.

O chefe de Governo começou por afirmar que nesta altura o país "com certeza" já está a pagar "um certo preço pela incerteza que rodeia o final deste debate e eventualmente possa suceder na sequência do encerramento deste debate", referindo-se às moções de rejeição cuja aprovação pela maioria de esquerda implica a queda do executivo e à eventual formação de Governo do PS com apoio parlamentar de BE, PCP e PEV.

Passos falava no parlamento em resposta ao líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, no debate do Programa do XX Governo Constitucional, que começou hoje e encerra na terça-feira.

Lusa

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.