sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Paula Teixeira da Cruz fala em "usurpação eleitoral" e acena com "novo resgate"

A deputada social-democrata Paula Teixeira da Cruz acusou hoje a oposição de "usurpação eleitoral" e sustentou que a formação de um executivo do PS apoiado por BE, PCP e PEV poderá conduzir a um "novo resgate".

© Hugo Correia / Reuters

Numa intervenção em nome do PSD, no debate do Programa do Governo, no parlamento, a ex-ministra da Justiça alegou que a perspetiva de formação desse executivo já está a ter consequências: "São já visíveis esses sinais, na subida dos juros, na bolsa, no investimento".

Perante risos nas bancadas da oposição, Paula Teixeira da Cruz afirmou: "Riam, riam, senhores deputados, que depois vão chorar".

No seu discurso, a deputada do PSD deixou uma mensagem para todos os deputados relativa à votação das moções de rejeição ao Programa do Governo, na terça-feira: "Devem votar em consciência, de acordo com o mandato que lhes foi dado - naturalmente, para aqueles que ainda a têm".

Paula Teixeira da Cruz utilizou expressões como "usurpação eleitoral" e "caminhada trôpega para o poder" para qualificar o derrube do Governo PSD/CDS-PP prometido pelos quatro maiores partidos da oposição e a preparação de um executivo alternativo.

"Será um ato de enorme irresponsabilidade" e "um primeiro e fatal passo para a radicalização do país que a enorme maioria dos portugueses recusa", considerou, falando também em "negociata política", em "manipulação entre direções de partidos" e num "atropelo às regras" da democracia.

Por outro lado, a deputada do PSD alegou que "esta fação do PS perdeu as referências" e questionou a solidez do entendimento entre socialistas, bloquistas e comunistas: "Esses três partidos estão eles próprios partidos por dentro. Que solução de estabilidade nos querem, então, apresentar?".

Lusa

  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.