sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Bloco de Esquerda defende que Cavaco Silva tem de respeitar vontade da maioria dos portugueses

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, congratulou-se hoje com a queda do Governo da coligação PSD/CDS e considerou que o Presidente da República tem de respeitar a vontade da maioria dos portugueses e empossar um novo executivo.

MIGUEL A. LOPES

"Houve uma maioria que se expressou neste país com a esperança de querer uma mudança e essa mudança está aqui e agora. Foi esse o compromisso que fizemos desde o início, que se a direita não tivesse maioria não iria governar, porque cá estaríamos para responder pela vida daas pessoas, foi esse o compromisso que se fez", afirmou Catarina Martins.

A coordenadora do Bloco, que se deslocou ao exterior do parlamento depois de a moção de rejeição do PS ao Programa do XX Governo Constitucional ter sido aprovada com 123 votos favoráveis de socialistas, BE, PCP, PEV e PAN, e implica a queda do executivo PSD/CDS-PP, disse que é tempo de o Presidente da República respeitar a vontade dos portugueses.

"O Presidente da República tem de respeitar o que é a vontade maioritária de quem se expressou nas eleições. Há hoje uma maioria de deputados na Assembleia da República que têm uma nova alternativa para Portugal e o Presidente da República tem de ouvir o resultado das urnas", assinalou Catarina Martins.

A dirigente do BE deslocou-se ao exterior da Assembleia da República para cumprimentar o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, que esta tarde participou numa manifestação promovida pela Central e que juntou centenas de ativistas e dirigentes sindicais junto à escadaria do parlamento.

"Hoje é um dia bom para tanta gente que tem sofrido tanto no nosso país, que não desistiu, que votou, que no seu voto pôs a esperança de uma mudança política concreta e aqui está ela, em nome de salários, de pensões, de emprego, em nome da dignidade de quem trabalhou toda uma vida e em nome de um futuro, para que possamos aqui viver e que não nos mandem embora", afirmou Catarina Martins.

Questionada sobre se o futuro executivo tem condições para cumprir um mandato, a responsável considerou tratar-se de "uma maioria estável" para governar quatro anos.

"Essa maioria é uma maioria estável porque a condição da sua estabilidade é o compromisso que faz com a estabilidade das pessoas que vivem em Portugal e porque a sua legitimidade é a legitimidade das pessoas que expressou o seu voto no dia 4 de outubro em nome de um novo futuro", rematou a coordenadora do BE.

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17