sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Líderes parlamentares do PSD e CDS juntam-se a manifestação pró-Governo

Os líderes parlamentares do PSD e do CDS-PP, Luís Montenegro e Nuno Magalhães, deslocaram-se hoje junto dos manifestantes concentrados junto à Assembleia da República para lhes agradecerem o apoio contra a moção de rejeição ao Programa do Governo.

ANDRÉ KOSTERS/LUSA

"Acho que é uma manifestação que os portugueses compreendem e que visa respeitar a vontade do povo. Nós vivemos felizmente numa democracia madura, onde todas as posições e escolhas são colocadas perante o povo para serem sufragadas. Houve eleições no dia 4 de outubro, a coligação PaF venceu as eleições e a expetativa dos portugueses é que sejamos nós a constituir o Governo e a ter oportunidade de executar o programa que foi sufragado pelo povo português", afirmou Luís Montenegro.

O líder parlamentar social-democrata quis mostrar o seu "agradecimento" aos que continuam com o Governo "com o objetivo de não perder o esforço feito".

"É uma demonstração de liberdade. As pessoas têm todo o direito de se manifestar e de dizerem ao país a sua opinião", concluiu Montenegro que falava aos jornalistas no meio dos manifestantes.

Para Nuno Magalhães, a concentração de manifestantes representa "um país que não gosta de ser enganado" e que "não gosta de fraudes políticas".

"Algumas destas pessoas que aqui estão se calhar nem na PaF votaram, mas há uma coisa em que votaram e acreditam, numa prática constitucional e num país na União Europeia e na NATO", sustentou.

Os líderes parlamentares estavam acompanhados dos deputados Marco António Costa, também vice-presidente do PSD, e António Carlos Monteiro, secretário-geral do CDS-PP.

Após as declarações dos representantes da coligação, os manifestantes começaram a desmobilizar, estando às 15:15 apenas duas dezenas de pessoas presentes.

Enquanto os deputados eram envolvidos por centenas de manifestantes, na varanda do palácio de S. Bento, o primeiro-ministro e o vice-primeiro ministro, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, acenavam aos manifestantes.

"Venho felicitar as pessoas que aqui estão a manifestar-se", afirmou aos jornalistas Passos Coelho.

Esta manifestação de apoio ao Governo do PSD/CDS-PP aconteceu a menos de uma hora do reinício do debate do Programa do Governo.

Pelas 15:00, na Assembleia da República, reiniciaram-se os trabalhos do segundo dia do debate sobre o Programa do XX Governo Constitucional, liderado por Passos Coelho e Paulo Portas, sobre o qual vão recair moções de rejeição de socialista, bloquista, comunista e ecologista, provocando a sua demissão, após aprovação por maioria absoluta dos deputados.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.