sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Moção de rejeição do PS aprovada, Governo cai

ÚLTIMA HORA

Foi aprovada a moção de rejeição ao Governo, apresentada pelo PS. Caiu assim o XX Governo Constituicional, liderado por Passos Coelho, o mais curto da democracia portuguesa. Com 123 votos a favor e 107 contra.

Após a votação, António Costa foi cumprimentar o Governo.

Após a votação, António Costa foi cumprimentar o Governo.

ANTÓNIO COTRIM

Votaram a favor os deputados do PS, PCP, PEV e ainda o deputado do PAN. Esta moção teve 107 votos contra, das bancadas do PSD e do CDS-PP.

A votação ainda demorou algum tempo a concretizar-se, após um problema informático que impossibilitava o registo de alguns dos deputados. O presidente da Assembleia aceitou então a sugestão do líder parlamentar do PSD para que a votação decorresse fila a fila.

A rejeição do Programa do Governo exige o voto de uma maioria absoluta dos deputados em efetividade de funções, ou seja, pelo menos 116 parlamentares e, segundo o artigo 195.º da Constituição, implica a demissão do executivo, que se manterá em gestão até à posse de um novo Governo.

Com Lusa

  • Conheça a moção de rejeição do PS ao Governo

    Novo Governo

    O líder parlamentar dos socialistas, Carlos César, entregou a moção de rejeição do PS ao Governo, enquanto decorria o debate do Programa do Governo. Também o PCP, o BE e o PEV entregaram as suas moções. Veja abaixo o documento dos socialistas, o primeiro a ser votado.

  • Acordos da esquerda assinados

    Novo Governo

    Estão assinados os acordos entre o PS, PCP, Bloco de Esquerda e PEV. A assinatura dos três documentos decorreu em privado, pelas 13:45, na interrupção para almoço do debate do Programa de Governo, no Parlamento. Os textos já foram publicados, António Costa divulgou entretanto no Facebook as fotos do momento.

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05