sicnot

Perfil

Novo Governo

País à espera de Cavaco Silva

País à espera de Cavaco Silva

Está tudo à espera de Cavaco Silva. O Presidente da República vai decidir qual é o próximo passo para a viabilidade governativa do país, depois da queda do executico da coligação PSD-CDS. Cavaco Silva recebe hoje em Belém o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues e logo depois o ainda primeiro-ministro Pedro Passos Coelho. Uma agenda carregada para os próximos dias como conta o repórter da SIC, Pedro Benevides.

O Presidente da República recebe hoje o primeiro-ministro para a habitual reunião semanal, e o presidente da Assembleia da República, que irá comunicar formalmente ao chefe de Estado a aprovação da moção de rejeição programa do XX Governo Constitucional.

De acordo com a agenda do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, será recebido pelas 16:30 em Belém, um dia depois de o seu Governo ter sido derrubado pelo parlamento.

Antes, pelas 15:45 será recebido o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues.

"Nesta audiência o presidente da Assembleia da República comunicará pessoalmente ao Presidente da República a rejeição do programa do XX Governo Constitucional [PSD/CDS], dando assim cumprimento quer ao número 6 do artigo 217 do Regimento da Assembleia da República, quer ao disposto no artigo 195 da Constituição da República Portuguesa (a demissão do Governo)", refere uma nota enviada à agência Lusa.

A moção de rejeição do PS ao Programa do XX Governo Constitucional foi aprovada na terça-feira com 123 votos favoráveis de socialistas, BE, PCP, PEV e PAN, o que implicou a demissão do executivo PSD/CDS-PP.

Esta moção de rejeição do PS teve 107 votos contra provenientes da totalidade dos deputados das bancadas do PSD e do CDS-PP.

A rejeição do Programa do Governo exige o voto de uma maioria absoluta dos deputados em efetividade de funções, ou seja, pelo menos 116 parlamentares e, segundo o artigo 195.º da Constituição, implica a demissão do executivo, que se manterá em gestão até à posse de um novo Governo.

Com Lusa

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.