sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Cavaco Silva recebe partidos na sexta-feira

O Presidente da República recebe partidos com assento parlamentar na sexta-feira. Para amanhã, Cavaco Silva marcou audiências com um conjunto de economistas.

© Rafael Marchante / Reuters

As audiências aos partidos com representação parlamentar - PSD, PS, CDS-PP, BE, PCP, PEV e PAN deverão decorrer ao longo de todo o dia de sexta-feira.

De acordo com fonte da Presidência, o chefe de Estado receberá um dia antes, na quinta-feira, um conjunto de economistas com "um conhecimento da realidade económica e nacional". A agenda destes encontros será divulgada hoje à tarde.

Durante o dia de hoje, o Chefe de Estado recebe os presidentes dos principais bancos a operar em Portugal e o presidente da Associação Portuguesa de Bancos.

Na semana passada, Cavaco Silva realizou audiências com confederações patronais, associações empresariais e centrais sindicais, contactos que iniciou na sequência da rejeição do Programa do Governo PSD/CDS-PP.

A moção de rejeição do PS ao Programa do XX Governo Constitucional foi aprovada a 11 de novembro com 123 votos favoráveis de socialistas, BE, PCP, PEV e PAN, o que, de acordo com a Constituição, implica a demissão do XX Governo Constitucional, suportado por PSD e CDS-PP, e liderado por Pedro Passos Coelho.

Com Lusa

  • Presidente do BCP diz que "essencial é cumprir compromissos europeus"
    0:48

    Novo Governo

    O presidente do BCP sublinha a importância de cumprir os compromissos europeus e defende a necessidade de garantir estabilidade fiscal para que a confiança e o investimento possam manter-se. Nuno Amado foi o primeiro banqueiro a ser recebido, esta manhã, pelo Presidente da República. No final do encontro, mostrou-se confiante de que o futuro Governo estará atento a estas prioridades.

  • Presidente está a "alimentar ambiente de chantagem"
    0:55

    Novo Governo

    O candidato presidencial apoiado pela CDU acusa Cavaco Silva de se estar a revelar um agente de instabilidade. À margem de uma conversa com os mariscadores em Faro, esta manhã, Edgar Silva criticou o Presidente da República por estar a alimentar ambiente de chantagem sobre a Assembleia da República, com a demora numa decisão.

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que o blogue de Hugo Gil, associado ao Benfica, partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • Fredy Montero é reforço do Sporting

    Desporto

    Fredy Montero está de regresso ao Sporting, anunciou o clube. O avançado colombiano, de 30 anos, já tinha vestido a camisola dos leões entre 2013 e 2015.

    Última Hora

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, como já tinha sido divulgado, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31
  • Governo vai proibir refeições nos monumentos com estatuto de panteão
    0:53

    País

    O Governo vai acabar com as refeições no Panteão Nacional e em edifícios com estatuto semelhante, como os mosteiros dos Jerónimos e da Batalha. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo ministro da Cultura, no Parlamento. Luís Filipe Castro Mendes esclareceu que a decisão surge no âmbito da revisão do regulamento sobre os monumentos.