sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Maria de Belém espera que Governo de Costa se preocupe com a vida dos cidadãos

A candidata presidencial Maria de Belém Roseira expressou hoje o desejo de que o futuro Governo liderado por António Costa tenha como preocupação a qualidade de vida dos portugueses e que o Orçamento do Estado seja aprovado com celeridade.

(aquivo SIC)

(aquivo SIC)

"Face à indigitação do Dr. António Costa como primeiro-ministro de Portugal, cumpre-me saudá-lo, desejar que o programa de governo que vai levar por diante tenha como primeira preocupação a qualidade de vida das portuguesas e dos portugueses", refere a candidata Maria de Belém em comunicado.

Para que esse objetivo se possa concretizar, a candidata presidencial espera que os instrumentos que são necessários, "como o Orçamento do Estado, sejam aprovados para que o país possa entrar, com a celeridade possível, no caminho do progresso".

Maria de Belém Roseira reitera ainda a sua declaração de segunda-feira em que disse que Cavaco Silva "estava a adiar o inadiável".

O Presidente da República indicou hoje o secretário-geral do PS, António Costa, para primeiro-ministro, refere uma nota da Presidência da República em que é ainda referido que a continuação em funções do XX Governo Constitucional, liderado por Pedro Passos Coelho, em gestão "não corresponderia ao interesse nacional".

Lusa

  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • Mais de 120 pessoas com hepatite A
    2:23

    País

    O surto de hepatite A já infetou 128 pessoas, 60 das quais estão internadas em hospitais de Lisboa e Coimbra. A Direção-Geral da saúde recomenda a vacinação apenas aos familiares dos doentes. Apesar de não haver ruptura de stocks, há farmácias que não têm vacinas.

  • Sobreviventes de Mossul relatam mutilações e execuções do Daesh
    1:32