sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

Sampaio da Nóvoa deseja felicidades ao novo Executivo e fala de momento histórico

O candidato a Belém António Sampaio da Nóvoa desejou hoje "as maiores felicidades" ao XXI Governo, considerando que neste "momento histórico" ficou clara a importância do papel do Presidente da República, que não deve excluir ninguém.

Durante o discurso de inauguração da sede de campanha nacional, em Lisboa, e lançamento do livro "Política de Vida", da autoria de Sampaio da Nóvoa, o candidato presidencial afirmou que se está a viver um "momento histórico" e que, "ao fim de cerca de 50 dias de incertezas e de alguma turbulência política, o processo das eleições legislativas está prestes a ficar resolvido".

"Amanhã toma posse um novo Governo, ao qual desejo as maiores felicidades, a bem do país e dos portugueses", enfatizou.

Na opinião de Sampaio da Nóvoa, "agora abre-se um novo capítulo, este capítulo das Presidenciais", considerando que nestas semanas se ficou a saber, primeiro, "a importância do papel de um Presidente da República" na vida política.

"E, contrariamente ao que muitos andaram a dizer, ficámos a saber que não há vencedores antecipados e temos uma eleição em aberto para disputar e para ganhar", destacou ainda.

Para o candidato a Belém, e caso algumas dúvidas houvesse, "as últimas semanas tornaram clara a urgência" da candidatura que encabeça já que "faz falta um Presidente da República capaz de representar todos os portugueses", pegando numa ideia defendida por Carvalho da Silva de que é preciso "construir compromissos históricos num tempo tão exigente da nossa vida".

"Um Presidente que não exclua ninguém, que não fique refém de interesses particulares ou de lógicas partidárias. Um Presidente capaz de acolher e de apoiar as alianças necessárias à estabilidade governativa. Um Presidente sem preconceitos e sem tabus", defendeu ainda.

Para Sampaio da Nóvoa, o "país está dividido, mas tem estado também desligado, divorciado" e "a distância face ao poder mina a confiança nas instituições", Governo, Assembleia da República e Presidente da República.

"Porém, as últimas semanas, trouxeram-nos uma boa notícia. E a boa notícia é que, no meio de uma agressividade desnecessária, houve um regresso da política. Foi bom - é bom - ouvir os portugueses discutirem a Constituição, darem a sua opinião sobre o que deveria, ou não, fazer o Presidente da República", considerou ainda.

O candidato a Belém assegura que não será nunca um Presidente de fação.

"Não contem comigo para isso. Não serei nunca um Presidente que age a favor de uma parte, de uma fação, tendenciosamente. Serei um Presidente independente, imparcial, capaz de promover a participação dos cidadãos, para que se liguem, de novo, à vida política", assegurou.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.