sicnot

Perfil

Novo Governo

Fim dos exames do 4º ano

Fim dos exames do 4º ano

Esta primeira sessão do novo parlamento começou a decidir o fim dos exames nacionais do 4º ano. As crianças deixam assim de ser obrigadas a fazer a prova final de matemática e português. A proposta do Bloco de Esquerda foi debatida esta manhã e tem aprovação garantida.

  • Exames do 4º ano devem acabar em 2016
    1:53

    País

    Os exames do 4º ano devem acabar já em 2016. O projeto de lei do Bloco de Esquerda deu entrada no Parlamento e conta com o apoio da maioria parlamentar. Enquanto isso, os professores de Português e Matemática são a favor do fim de provas, que consideram ser perversas para o sistema de ensino.

  • Acordo à esquerda para aborto, adoção e exames do 1º ciclo
    1:53

    Novo Governo

    O Bloco de Esquerda revela quatros dos temas sobre os quais chegou a acordo com PS e PCP, para a formação de um governo estável: aborto, adoção, exames do primeiro ciclo e a entrega de hospitais às misericórdias. Numa sessão pública do partido, ontem à noite, Catarina Martins revelou ainda que vai contestar o tratado orçamental e que se fosse governo nacionalizava as empresas que foram privatizadas.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.