sicnot

Perfil

Novo Governo

Novo Governo

Novo Governo

CDS diz que esquerda fica definitivamente comprometida na foto de família

O líder parlamentar do CDS-PP defendeu hoje que a rejeição da moção apresentada por sociais-democratas e centristas deixa a esquerda definitivamente comprometida com o Governo do PS e dentro da foto de família de que anda a fugir.

Lusa

Lusa

M\303\201RIO CRUZ

"Quem se levantar amanhã [quinta-feira] contra a rejeição ficará definitivamente comprometido e corresponsável com o que este Governo fizer ou deixar de fazer. Não fogem à foto de família que andam a fugir", afirmou Nuno Magalhães.

O presidente da bancada do CDS referia-se à moção de rejeição ao programa do executivo liderado por António Costa, sublinhando que o primeiro-ministro "não teve confiança" expressa numa moção de confiança que fosse votada por PS, PCP, BE, PEV.

Nuno Magalhães cumprimentou António Costa como o primeiro-ministro que não ganhou as eleições, disse temer as consequências económicas deste executivo e perguntou ao chefe do Governo porque é que entregou os transportes públicos de Lisboa e do Porto ao PCP, falando da "onda de greves" anunciada pela CGTP-IN para o mês de dezembro.

"O seu programa é eufórico quanto ao consumo, cabisbaixo em relação ao investimento, omisso nas exportações. Com as medidas do IRS, que são pura ideologia, como vai convencer as empresas preferir Portugal para investir e com isso criar emprego ou como vai evitar que as empresas portuguesas escolham sistemas fiscais mais favoráveis para investir o que podiam investir em Portugal?", questionou.

Para o CDS-PP, o Programa do XXI Governo Constitucional baseia-se "na destruição e não na construção, na rejeição e não na confiança".

"Os senhores unem contra nós e não pelo país, porque nem entenderem conseguem entender-se", acusou, argumentando que os socialistas perderam "o seu eixo, os seus valores e a sua moderação" e que o entendimento que une a maioria parlamentar de esquerda "não resulta de uma coligação formal, de um acordo parlamentar, não resulta sequer de um texto comum".

"É um programa que conjunturalmente pode até servir alguns partidos, mas que manifestamente e seguramente não serve Portugal e os portugueses", frisou.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.