sicnot

Perfil

Liga Europa

Liga Europa

Liga Europa 2015/2016

Sá Pinto quer Belenenses "destemido e ambicioso" frente ao Basileia

O treinador do Belenenses afirmou esta quarta-feira que os 'azuis' terão de ser "destemidos e ambiciosos" diante do Basileia e revelou que seria um "sonho" terminar a quarta jornada na liderança do grupo I da Liga Europa de futebol.

O técnico referiu que o Belenenses vai procurar "explorar os pontos menos fortes do adversário", embora frisando que os helvéticos vão estar "mais alerta", devido ao desaire de há duas semanas.

O técnico referiu que o Belenenses vai procurar "explorar os pontos menos fortes do adversário", embora frisando que os helvéticos vão estar "mais alerta", devido ao desaire de há duas semanas.

Tiago Petinga / Lusa

Contudo, Ricardo Sá Pinto, que fazia a antevisão da partida de quinta-feira, marcada para o Estádio do Restelo, disse esperar um "Basileia mais forte" do que no primeiro jogo, que terminou com o triunfo (2-1) do conjunto do Restelo na Suíça.

"Têm a final da Liga Europa em sua casa, estão muito motivados e querem mudar o resultado do último jogo. É um adversário poderoso, enquanto nós estamos a ir além das expetativas. Espero que a equipa esteja ao nível do último jogo e que seja destemida e ambiciosa", antecipou, em conferência de imprensa.

O técnico referiu que o Belenenses vai procurar "explorar os pontos menos fortes do adversário", embora frisando que os helvéticos vão estar "mais alerta", devido ao desaire de há duas semanas.

"É uma oportunidade única para fazermos história. Não temos responsabilidade de ganhar e passar, mas temos de acreditar que conseguimos ganhar a qualquer adversário. Os jogadores têm de entrar muito concentrados e acreditar que podem fazer história", salientou.

Em caso de vitória sobre o atual líder do grupo, os 'azuis' podem ascender ao primeiro lugar, algo que, segundo Sá Pinto, seria um "sonho".

"Nem sei como apelidaria esse momento. Não faz mal sonhar com coisas boas, mas estamos focados em fazer um bom jogo e obter um bom resultado", adiantou, antes de garantir que os objetivos não foram redefinidos e que o Belenenses vai "tentar ir o mais longe possível" na prova.

Por seu lado, o defesa João Amorim admitiu que "o favoritismo está do lado do Basileia" e frisou que a derrota de sábado, frente ao Sporting de Braga (4-0), para o campeonato, não terá qualquer influência na partida europeia.

"Não influenciou de forma nenhuma, já passou, valeu apenas três pontos. Amanhã [quinta-feira] temos um encontro em que podemos dar a volta. Queremos ganhar todos os jogos, por mais difícil que seja o adversário, e é com essa vontade que vamos entrar", afirmou o lateral-direito.

Belenenses, terceiro classificado com quatro pontos, e Basileia, líder com seis, jogam na quinta-feira, a partir das 20:05 (hora portuguesa), no Estádio do Restelo, num encontro que será dirigido pelo árbitro Tamás Bognar, da Hungria.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão