Liga Europa

A terceira do Atlético Madrid ou a primeira do Marselha?

O Atlético de Madrid e o Marselha, que eliminaram várias equipas portuguesas na caminhada até à final da Liga Europa de futebol, discutem na quarta-feira, em Lyon, o título na segunda prova europeia de clubes.

Enquanto os marselheses procuram tornar-se a primeira equipa francesa a erguer o troféu, a Espanha assume-se como o país mais dominador da competição, tendo vencido cinco das últimas oito edições, duas das quais pelo Atlético de Madrid, em 2010 e 2012.

Os 'colchoneros', que têm tantos títulos quanto o FC Porto (2003 e 2011), tentam sagrar-se campeões pela terceira vez e dessa forma igualar Juventus, Inter de Milão e Liverpool na galeria dos vencedores, todos com menos dois troféus do que o recordista Sevilha.

A equipa da capital espanhola vai procurar fazer melhor do que na anterior -- e única - visita a Lyon para disputar uma final europeia, de onde saiu derrotada em 1986 frente ao Dínamo Kiev, por 3-0, no jogo decisivo da extinta Taça dos Vencedores das Taças.

Os dois finalistas chegaram ao jogo decisivo por caminhos diferentes: o Marselha disputa a Liga Europa desde a terceira pré-eliminatória, mas o clube espanhol entrou em ação apenas nos 16 avos de final, proveniente da fase de grupos da Liga dos Campeões.

No curto percurso, o Atlético eliminou o Sporting nos quartos de final (vitória em casa, por 2-0, e derrota -- a única na competição - em Lisboa, por 1-0), patrocinando nas 'meias' a despedida europeia de Arsène Wenger no comando técnico do Arsenal (1-1, em Londres, e triunfo por 1-0, em Madrid).

O Marselha também deixou a sua marca em duas equipas portuguesas, tendo contribuído para o afastamento do Vitória de Guimarães na fase de grupos e eliminando o Sporting de Braga nos 16 avos de final, muito por força do triunfo por 3-0 alcançado em França, que tornou irrelevante a derrota por 1-0 no Minho.

Os franceses só estiveram em risco nas meias-finais e já depois de se terem imposto por 2-0 na receção ao Salzburgo, permitindo que os austríacos igualassem no seu estádio, antes de serem salvos pelo defesa português Rolando, que fixou o 2-1 a quatro minutos do fim do prolongamento.

Os dois clubes defrontaram-se apenas duas vezes, nos grupos da Liga dos Campeões da época 2008/2009, com o Atlético a vencer em casa por 2-1, empatando depois 0-0 em Marselha, que foi relegado para a Taça UEFA, enquanto os espanhóis seguiram para os oitavos de final da prova-a 'milionária'.

Os 'colchoneros' já asseguraram a qualificação para a Liga dos Campeões da próxima temporada, mas para o Marselha, quarto classificado da Liga francesa, a conquista da Liga Europa poderá ser a única forma de disputar a 'Champions', numa altura em que os prémios monetários vão duplicar.

A final da Liga Europa, entre o Atlético de Madrid e o Marselha, vai disputar-se na quarta-feira, na cidade francesa de Lyon, em jogo com início às 19:45 horas e que será dirigido pelo árbitro holandês Björn Kuipers.

Lusa

  • Maior avião de passageiros do mundo aterra hoje em Portugal
    1:09
  • Cristas ataca Costa com "logro" da saúde e o "pântano" de Tancos
    1:39

    País

    A líder do CDS diz que o Governo de António Costa está esgotado e que o país está pior agora do que no período da troika. Acusações feitas no encerramento do congresso do partido na Madeira, onde Assunção Cristas afirmou que quer voltar a eleger um deputado pela região autónoma.