sicnot

Perfil

Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira

Paris exibe ciclo com mais de dez filmes em homenagem a Manoel de Oliveira

 "Aniki-Bobó" e "O Gebo e a sombra" são dois dos filmes de Manoel de Oliveira que serão exibidos a partir de hoje, em Paris, no Cinéma le Grand Action, numa homenagem ao cineasta português, falecido na quinta-feira.

Manoel de Oliveira. (Arquivo)

Manoel de Oliveira. (Arquivo)

© Handout . / Reuters

A direção do Cinéma le Grand Action lamenta a morte do realizador, numa altura em que se já se tinha decidido pela sua "presença imutável", programando, com "urgência", uma semana de exibições regulares do cinema de Oliveira.

Até ao dia 14 serão recordados em Paris filmes como "O Gebo e a sombra" (2012), última longa-metragem de Manoel de Oliveira, "Aniki Bobó" (1942), primeira longa de ficção, e "O estranho caso de Angélica", no qual recupera um projeto com mais de 50 anos.

A estes juntam-se o documentário "O ato da Primavera", "Belle Toujours", "Cristóvão Colombo - o Enigma", "Francisca", "Benilde ou a virgem mãe", "O passado e o presente", "Singularidades de uma rapariga loura" e, a terminar, "O espelho mágico".

Manoel de Oliveira morreu a 02 de abril aos 106 anos, em casa, no Porto.


Lusa
  • Porto despede-se de Manoel de Oliveira
    2:39

    Cultura

    Centenas de pessoas fizeram questão de se despedir de Manoel de Oliveira, esta sexta-feira. No cemitério e na Igreja de Cristo Rei, muitos foram os cidadãos que estiveram no último adeus ao cineasta.

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31

    Grande Reportagem SIC

    Carlos Queiroz, ex-selecionador de Portugal, dá-nos uma entrevista forte e transparente. Entrevistámo-lo no Dubai, um lugar que a investigação da SIC coloca no centro do mapa do escândalo do GES/BES. Aqui antecipamos a Grande Reportagem da próxima semana.

    Exclusivo online