sicnot

Perfil

Marcelo sucede a Cavaco

Esquerda e Direita reagem ao discurso do PR de forma consensual

Esquerda e Direita reagem ao discurso do PR de forma consensual

As opiniões sobre o discurso do novo Presidente da República são consensuais. Nas suas primeiras palavras como chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu aliás consensos alargados, garantiu solidariedade institucional "indefetível" ao Parlamento, e prometeu ser "de todos sem exceção".

  • Figuras de destaque na cerimónia de tomada de posse
    0:52

    Marcelo sucede a Cavaco

    Nas cerimónias desta manhã estiveram nomes da alta política nacional mas também representantes estrangeiros. Felipe VI, Rei de Espanha, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do Chefe de Estado de Moçambique, Filipe Nyusi, foram algumas das figuras de destaque entre os mais de 500 convidados para a cerimonia de tomada de posse.

  • "Marcelo Rebelo de Sousa vai ser o anti-Cavaco, hoje já se viu"
    7:28

    Opinião

    "Portugal é a razão de ser do compromisso solene que acabo de assumir", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, no início do seu discurso de posse como Presidente da República. O novo chefe de Estado defendeu consensos alargados, garantiu solidariedade institucional "indefetível" ao Parlamento, e prometeu ser "de todos sem exceção". Bernardo Ferrão analisou no Primeiro Jornal o discurso de tomada de posse do Presidente. "Marcelo Rebelo de Sousa vai ser o anti-Cavaco, hoje já se viu", considerou.

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.