sicnot

Perfil

Marcelo sucede a Cavaco

Marcelo Rebelo de Sousa entrou no Palácio de Belém pelo próprio pé

Marcelo Rebelo de Sousa entrou no Palácio de Belém pelo próprio pé

É um dia marcado pelas cerimónias em torno da tomada de posse de Marcelo Rebelo de Sousa.O novo Presidente da República entrou no Palácio de Belém faltava um minuto para a uma da tarde.

Sozinho e a pé, Marcelo Rebelo de Sousa subiu a rampa que dá acesso ao pátio principal do Palácio de Belém, a residência oficial do Chefe de Estado.

Foi recebido com aplausos pelos funcionários da presidência e depois, na sala das bicas, recebeu a insígnia dos Presidentes da República.


Foi uma cerimónia curta a que se seguiu um almoço oferecido pelo Presidente aos convidados.
Esta tarde, a partir das 16:30, Marcelo Rebelo de Sousa participa numa cerimónia ecuménica na Mesquita de Lisboa.

  • "Marcelo Rebelo de Sousa vai ser o anti-Cavaco, hoje já se viu"
    7:28

    Opinião

    "Portugal é a razão de ser do compromisso solene que acabo de assumir", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, no início do seu discurso de posse como Presidente da República. O novo chefe de Estado defendeu consensos alargados, garantiu solidariedade institucional "indefetível" ao Parlamento, e prometeu ser "de todos sem exceção". Bernardo Ferrão analisou no Primeiro Jornal o discurso de tomada de posse do Presidente. "Marcelo Rebelo de Sousa vai ser o anti-Cavaco, hoje já se viu", considerou.

  • Presidente dá música aos portugueses, veja o alinhamento

    Cultura

    Marcelo Rebelo de Sousa pisca o olho à juventude e tem agendado para hoje, às 20:00, na Câmara Municipal de Lisboa, um concerto na Praça do Município. Estão previstas as participações de José Cid, Paulo de Carvalho, da fadista Mariza, que cantará o hino nacional, e ainda atuações de Anselmo Ralph, HMB, Pedro Abrunhosa e Diogo Piçarra, vencedor de um concurso televisivo para novos talentos musicais.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.