sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Corpo de Mário Soares chega aos Jerónimos na segunda-feira às 13:00

O corpo do antigo Presidente da República Mário Soares vai estar em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos a partir das 13:00 de segunda-feira e o funeral realiza-se a partir das 15:30 de terça-feira no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.


Segundo um comunicado divulgado hoje pelo Governo, o cortejo fúnebre passará na segunda-feira pela residência de Mário Soares, no Campo Grande, em Lisboa, pelas 11:00.

O corpo estará em câmara ardente na Sala dos Azulejos do Mosteiro dos Jerónimos entre as 13:00 e a meia-noite de segunda-feira e na terça-feira até ao final da manhã, entre as 08:00 e as 11:00.

Antes da saída para o Cemitério dos Prazeres, haverá uma sessão de homenagem a Mário Soares, no Claustro do Mosteiro dos Jerónimos, a partir das 13:00.

"O governo apela a todos os cidadãos que participem nas cerimónias fúnebres de Estado, prestando homenagem a Mário Soares, grande figura da história portuguesa contemporânea, fundador do nosso regime democrático e símbolo da liberdade", lê-se no comunicado do Governo sobre as cerimónias fúnebres de Estado do antigo Presidente da República Mário Soares.

Na nota é pormenorizado que na segunda-feira, depois do cortejo fúnebre passar pela casa de Mário Soares, seguirá para a câmara municipal de Lisboa, onde chegará pelas 11:30.

A partir da câmara, o cortejo segue em armão (uma espécie de charrete) com escolta a cavalo da Guarda Nacional Republicana até ao Mosteiro dos Jerónimos, onde chegará pelas 13:00.

O corpo ficará depois em câmara ardente na Sala dos Azulejos do Claustro dos Mosteiro dos Jerónimos, até à meia-noite, estando o local aberto a todos os cidadãos.

Foi nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos que, a 12 de junho de 1985, o então primeiro-ministro Mário Soares assinou o tratado de adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia (CEE).

A 08 de janeiro deste ano, foi na Sala dos Azulejos do Mosteiro dos Jerónimos que se realizou a cerimónia que marcou o 30.º aniversário da adesão à CEE.

Na terça-feira, a câmara ardente estará aberta entre as 08:00 e as 11:00.

A partir das 13:00 irá realizar-se uma sessão solene evocativa de homenagem a Mário Soares no claustro do Mosteiro dos Jerónimos, no final da qual seguirá o cortejo fúnebre para o cemitério dos Prazeres.

Nessa cerimónia estão previstas breves intervenções do Presidente da República e do presidente da Assembleia da República, bem como, provavelmente, da família. Deverá também ser transmitida uma mensagem do primeiro-ministro, António Costa, que se encontra numa visita de Estado à Índia até quinta-feira.

Ao longo do cortejo, realizar-se-ão breves paragens em frente ao Palácio de Belém, à Assembleia da República, Fundação Mário Soares e à sede do Partido Socialista, no largo do Rato.

O funeral, precedido de honras fúnebres, terá lugar a partir das 15:30 no cemitério dos Prazeres, onde está também sepultada a mulher, Maria de Jesus Barroso.

De acordo com fonte governamental, será a primeira vez que há um funeral de Estado desde 25 de Abril - que implica, entre outras coisas, a participação dos vários ramos das Forças da Armada e um cortejo, motorizado e a cavalo, ao corpo.


Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.