sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Corpo de Mário Soares chega aos Jerónimos na segunda-feira às 13:00

O corpo do antigo Presidente da República Mário Soares vai estar em câmara ardente no Mosteiro dos Jerónimos a partir das 13:00 de segunda-feira e o funeral realiza-se a partir das 15:30 de terça-feira no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.


Segundo um comunicado divulgado hoje pelo Governo, o cortejo fúnebre passará na segunda-feira pela residência de Mário Soares, no Campo Grande, em Lisboa, pelas 11:00.

O corpo estará em câmara ardente na Sala dos Azulejos do Mosteiro dos Jerónimos entre as 13:00 e a meia-noite de segunda-feira e na terça-feira até ao final da manhã, entre as 08:00 e as 11:00.

Antes da saída para o Cemitério dos Prazeres, haverá uma sessão de homenagem a Mário Soares, no Claustro do Mosteiro dos Jerónimos, a partir das 13:00.

"O governo apela a todos os cidadãos que participem nas cerimónias fúnebres de Estado, prestando homenagem a Mário Soares, grande figura da história portuguesa contemporânea, fundador do nosso regime democrático e símbolo da liberdade", lê-se no comunicado do Governo sobre as cerimónias fúnebres de Estado do antigo Presidente da República Mário Soares.

Na nota é pormenorizado que na segunda-feira, depois do cortejo fúnebre passar pela casa de Mário Soares, seguirá para a câmara municipal de Lisboa, onde chegará pelas 11:30.

A partir da câmara, o cortejo segue em armão (uma espécie de charrete) com escolta a cavalo da Guarda Nacional Republicana até ao Mosteiro dos Jerónimos, onde chegará pelas 13:00.

O corpo ficará depois em câmara ardente na Sala dos Azulejos do Claustro dos Mosteiro dos Jerónimos, até à meia-noite, estando o local aberto a todos os cidadãos.

Foi nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos que, a 12 de junho de 1985, o então primeiro-ministro Mário Soares assinou o tratado de adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia (CEE).

A 08 de janeiro deste ano, foi na Sala dos Azulejos do Mosteiro dos Jerónimos que se realizou a cerimónia que marcou o 30.º aniversário da adesão à CEE.

Na terça-feira, a câmara ardente estará aberta entre as 08:00 e as 11:00.

A partir das 13:00 irá realizar-se uma sessão solene evocativa de homenagem a Mário Soares no claustro do Mosteiro dos Jerónimos, no final da qual seguirá o cortejo fúnebre para o cemitério dos Prazeres.

Nessa cerimónia estão previstas breves intervenções do Presidente da República e do presidente da Assembleia da República, bem como, provavelmente, da família. Deverá também ser transmitida uma mensagem do primeiro-ministro, António Costa, que se encontra numa visita de Estado à Índia até quinta-feira.

Ao longo do cortejo, realizar-se-ão breves paragens em frente ao Palácio de Belém, à Assembleia da República, Fundação Mário Soares e à sede do Partido Socialista, no largo do Rato.

O funeral, precedido de honras fúnebres, terá lugar a partir das 15:30 no cemitério dos Prazeres, onde está também sepultada a mulher, Maria de Jesus Barroso.

De acordo com fonte governamental, será a primeira vez que há um funeral de Estado desde 25 de Abril - que implica, entre outras coisas, a participação dos vários ramos das Forças da Armada e um cortejo, motorizado e a cavalo, ao corpo.


Lusa

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Crianças no Daesh - 2ª Parte
    23:43
  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Estes engenheiros não tiveram formação para exercer arquitetura"
    7:00

    País

    O Parlamento aprovou esta quarta-feira as propostas do PSD e do PAN para devolver aos engenheiros a possibilidade de assinarem projetos de arquitetura. Os aquitetos discordam da medida. José Manuel Pedreirinho, presidente da Ordem dos arquitetos, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Foi uma grande honra ser deputado"
    1:23

    País

    Alberto Martins vai deixar a vida política, o socialista renunciou esta quarta-feira ao cargo de deputado, que ocupava há 30 anos, com algumas interrupções. Alberto Martins desempenhou funções de ministro da Reforma do Estado no segundo Governo de António Guterres, e de ministro da Justiça no segundo Executivo liderado por josé Sócrates. O socialista vai ser substituído por Hugo Carvalho.