sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Liga de clubes lamenta perda de "personalidade incontornável da história"

Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. (Arquivo)

Fernando Veludo / Lusa

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) descreveu o antigo Presidente da República e ex-primeiro-ministro Mário Soares, que hoje morreu aos 92 anos, como "uma personalidade incontornável da história contemporânea de Portugal".

"O antigo Presidente da República e chefe de governo foi um lutador pelas liberdades pátrias, um político cuja visão nos abriu as portas da Europa e um 'árbitro' que nunca se reformou para garantir os direitos da livre cidadania", refere Pedro Proença numa nota enviada à agência Lusa.

O líder da LPFP refere ainda que o país se despede hoje "de um dos seus grandes estadistas, cujo legado pessoal, enquanto político e governante, perdurará nos manuais e mentalidades".

Além de Presidente da República e primeiro-ministro, Mário Soares foi fundador e líder do PS, assim como ministro dos Negócios Estrangeiros, morreu hoje, aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado desde 13 de dezembro de 2016.

Lusa

  • Penélope Cruz diz que contos de fadas são muito machistas

    Cultura

    Penélope Cruz revelou recentemente o sentimento de descontentamento com os contos de fadas que, a seu ver, são muito machistas. A atriz de 43 anos confessou que lê as histórias aos filhos, Leonardo de sete anos e Luna de quatro, mas que opta por alterar sempre o final.

    SIC

  • Kurt Cobain homenageado no dia em que faria 51 anos

    Cultura

    No dia em que faria 51 anos, se estivesse vivo, Kurt Cobain foi homenageado pela viúva, Courtney Love, e a filha do casal, Frances Bean. Através de publicações no Instagram, mãe e filha lembraram o fundador, vocalista e guitarrista dos Nirvana, que vai ficar para sempre na história da música.

    SIC

  • Google Maps esconde mansão de Puigdemont na Bélgica

    Mundo

    Depois de fugir de Espanha, Carles Puigdemont refugiou-se na Bélgica para evitar uma possível extradição. O refúgio que encontrou foi uma mansão no município de Waterloo, por 4.400 euros ao mês. Agora, a pedido do ex-presidente do Governo da Catalunha, essa mesma mansão foi "apagada" do Google Maps.

    SIC

  • 50 empresas estão a recrutar na Universidade Católica
    1:46

    Economia

    A Universidade Católica de Lisboa reuniu 50 empresas nacionais e internacionais numa feira de emprego esta terça-feira e amanhã. As empresas procuram novos candidatos para os lugares que têm disponíveis nos departamentos de Economia, Finanças e Gestão.