sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Ferro Rodrigues evoca "militante número 1" da democracia portuguesa

LUSA

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, definiu hoje Mário Soares como "o militante número 1" da democracia portuguesa, um homem entre os "imprescindíveis", que "pôs sempre Portugal em primeiro lugar".

"Mais do que militante número 1 do PS, foi o militante número 1 da nossa democracia", afirmou Ferro Rodrigues na sua intervenção na solenidade evocativa da memória de Mário Soares, inserida nas cerimónias fúnebres de Estado, que decorrem nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

Ferro Rodrigues descreveu o antigo primeiro-ministro e Presidente da República, falecido no sábado, como alguém que "tinha a visão dos grandes estadistas e a intuição dos grandes políticos" e "pôs sempre Portugal em primeiro lugar".

"Tinha uma sintonia impressionante com o povo português. Os portugueses conheciam-no e ele conhecia bem Portugal e os portugueses", afirmou.

Citando o dramaturgo e poeta alemão Bertolt Brecht, o presidente do parlamento colocou Soares entre os imprescindíveis: "Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, e há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis", citou.

"Mário Soares lutou até ao fim", sublinhou Ferro Rodrigues

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.