sicnot

Perfil

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Mário Soares 1924-2017

Um homem que fez história merecia este inspirador lugar, afirma Presidente da República

LUSA

O Presidente da República recordou hoje Mário Soares como um "singular humanista e construtor de portugalidade" e considerou que, como "um homem que fez história", merecia ser homenageado num lugar como o Mosteiro dos Jerónimos.

"Inspirador lugar este em que nos encontramos, gentes de várias raízes e destinos, unidas pelo essencial: evocar e homenagear um homem que fez história, sabendo que a fazia, mesmo quando tantos de nós nos recusávamos a reconhecê-lo", declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado, que falava no final de uma cerimónia evocativa de homenagem a Mário Soares, no Claustro do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, referiu que "aqui se fizeram mais de quinhentos anos de história" e que "cada pedra" fala das aventuras portuguesas, provações, sonhos e guerras.

"Mais do que os respeitosos Paços do poder, em Belém ou em São Bento, este lugar é aquele que Mário Soares merecia para o nosso inesquecível encontro", considerou.

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que "nestes Jerónimos se convocam a história que estudou, antes de a fazer, a cultura que criou com talento e com deleite, e o ecumenismo que foi o corolário inevitável da sua inteligência e da sua liberdade", bem como "o humanismo e a portugalidade" de Mário Soares.