sicnot

Perfil

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Atirador de Orlando terá jurado lealdade ao Daesh antes do assassínio

O autor do massacre de Orlando, na Florida, terá jurado lealdade ao Daesh numa chamada telefónica feita para o número de emergência 911 imediatamente antes do crime, noticiaram as televisões norte-americanas.

Phelan M. Ebenhack

Segundo a estação televisiva NBC, que cita fontes policiais, o atirador acusado do massacre de pelo menos 50 pessoas, na madrugada de hoje, num clube noturno gay de Orlando, telefonou alguns instantes antes do crime para o número 911 para anunciar a sua lealdade ao líder do Daesh.

A CNN avança a mesma notícia, citando um responsável norte-americano que explicou que "o FBI (polícia federal norte-americana) de imediato acreditou tratar-se de um ataque islamita por causa dessa chamada telefónica" e porque eram já conhecidas do FBI as suas "simpatias islamitas".

"Sabemos que ele tinha sido alvo de investigação no passado. Ele não estava no centro das investigações, mas era suspeito de ter ligações com radicais islâmicos e simpatias com a ideologia radical islâmica", precisou o responsável na CNN.

Horas antes, o pai do autor do massacre, Omar Mateen, identificado como um cidadão norte-americano de origem afegã com cerca de 20 anos, afirmara que o crime "não tem nada que ver com religião", mas possivelmente com o facto de o filho ter visto "dois homens a beijar-se em frente da sua mulher e do seu filho e ter ficado muito zangado".

"Não sabíamos de nada. Estamos chocados como todo o país", disse o pai, Mir Seddique, pedindo desculpas em nome da sua família pelo ato do filho, o mais grave assassínio em massa da história dos Estados Unidos.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.