sicnot

Perfil

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

35 mil doam sangue para responder ao massacre de Orlando

O número de doações de sangue para responder ao massacre de Orlando não era tão elevado desde os atentados do 11 de setembro.

REUTERS

Depois do apelo das autoridades, só em Orlando mais de 35 mil pessoas dirigiram-se aos centros de recolha para doar sangue.

Apesar das longas filas de espera e da grande adesão da população aos pedidos dos hospitais, o ataque reacendeu o debate acerca das restrições impostas a doações de sangue por homossexuais.

Homens que tenham tido relações sexuais com outro homem no último ano não podem doar, por isso não podem contribuir para ajudar as vítimas do mais mortífero ataque terrorista dos estados unidos, levado a cabo numa discoteca gay.