sicnot

Perfil

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Mulher do atirador de Orlando pode ser acusada por cumplicidade

A mulher do atirador que matou 49 pessoas num bar gay em Orlando (EUA) poderá ser acusada por ligação ao tiroteio. De acordo com fontes citadas pela Fox News e pela Reuters, Noor Salman conhecia os planos do marido para o ataque - o mais mortal na história dos EUA.

Omar Mateen

Omar Mateen

ap

Segundo a Reuters, foi convocado um júri federal que poderá acusar a mulher de Omar Mateen.

A FoxNews.com, citando uma fonte do FBI, avança que o Ministério Público vai indiciar Salman como cúmplice de 49 acusações de assassinato e 53 tentativas de homicídio, além de não ter avisado a polícia sobre o ataque e ter mentido a agentes federais.

"Parece que ela tinha algum conhecimento do que estava a acontecer", disse o senador norte-americano Angus King, membro do Comité dos Serviços Secretos do Senado, que recebeu informações sobre o ataque na terça-feira.

Mateen, que foi morto a tiros pela polícia depois de um impasse de três horas na manhã de domingo, ligou para a polícia durante o seu ataque para jurar lealdade a vários grupos militantes islâmicos.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.