sicnot

Perfil

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Massacre em Orlando

Anonymous invade contas do Daesh com mensagens gay

Várias contas do Twitter com ligações ao Daesh foram alvo de ataques informáticos esta quarta-feira, em reação ao massacre numa discoteca gay em Orlando, nos EUA. As cores do arco íris e outras mensagens relacionadas com movimentos gay surgiram nestas páginas da rede social.

twitter.com

Um homem identificado como Omar Mateen, norte-americano de origem afegã, entrou na discoteca Pulse este domingo e disparou contra os clientes, causando 49 mortos e 53 feridos.

WauchulaGhost, Ebony e Yeti, hackers com ligações ao grupo Anonymous, conseguiram controlar cerca de 200 contas do Twitter de apoiantes do Daesh. Muitas delas foram, entretanto, removidas do Twitter no intuito de eliminar ações de propaganda da rede social.

Não há provas de que Omar Mateen tenha atuado sob as ordens do Daesh. Contudo, de acordo com o FBI, o atirador de Orlando ter-se-á inspirado em informação extremista difundida na Internet. Outras informações dão também conta de que Mateen seria frequentador da discoteca Pulse.

Os piratas informáticos que invadiram as contas ligadas ao Daesh no Twitter substituíram posts de propaganda do grupo extremista por imagens de bandeiras com o arco-íris e outras mensagens associadas à comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero), bem como imagens de pornografia. Os autores do ataque fizeram, contudo, questão de esclarecer que "o intuito não era ofender muçulmanos, mas que as suas ações eram apenas dirigidas aos jihadistas radicais".

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.