sicnot

Perfil

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Mercado de transferências

André Silva em exames médicos numa clínica em Milão

M\303\201RIO CRUZ

O avançado português André Silva, do FC Porto, efetuou esta manhã exames médicos numa clínica em Milão e deverá tornar-se oficialmente jogador do AC Milan ainda hoje, segundo a imprensa italiana.

André Silva, de 21 anos, chegou antes das 08:00 locais (07:00 em Lisboa) à clínica LA Madonnina para proceder a testes médicos, tendo sido filmado a chegar num veículo preto.

Ainda segundo a imprensa transalpina, André Silva e o seu empresário, Jorge Mendes, estiveram reunidos, no domingo, com o dirigente do AC Milan e chegaram a um acordo para a transferência do internacional luso para Itália.

André Silva, que pode tornar-se o quarto reforço do clube de Milão para 2017/18, depois de Mateo Musacchio, Franck Kessie e Ricardo Rodríguez, tem uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros, mas o negócio deverá ser feito por 40.

Lusa

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.