sicnot

Perfil

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Avançado Perdigão renova com Desportivo de Chaves até junho de 2020

JOS\303\211 COELHO

O avançado brasileiro Perdigão renovou esta sexta-feira até junho de 2020 com o Desportivo de Chaves, da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje o clube na sua página oficial.

Há duas épocas ao serviço do emblema azul-grená, o atleta de 25 anos foi um dos mais utilizados na temporada passada fazendo 37 jogos e seis golos, num total de 2.715 minutos.

"A Grupo Desportivo de Chaves - Futebol, SAD, deseja as maiores felicidades ao jogador Perdigão", lê-se na nota.

Na quarta-feira, o clube transmontano apresentou o novo treinador, Luís Castro, que veio substituir Ricardo Soares, agora contratado pelo Desportivo das Aves.

O técnico assumiu que queria a equipa na primeira metade da tabela classificativa.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC