sicnot

Perfil

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Fernando Torres vai continuar no Atlético Madrid

Daniel Ochoa de Olza

O Atlético de Madrid chegou esta quarta-feira a acordo com o Fernando Torres para um novo contrato, válido até 30 de junho de 2018, o que significa que o futebolista fará parte do plantel orientado por Diego Simeone na próxima temporada.

"Estou muito feliz por continuar no clube por mais um ano", afirmou Torres, em declarações ao sítio do Atlético de Madrid, em cuja academia entrou com 11 anos e passou pelos vários escalões de formação até se estrear na equipa principal na época 2000/01, frente ao Leganés, no estádio Vicente Calderón, a 27 de maio de 2001.

A partir daí, consolidou-se na equipa principal, alcançou a subida à I Divisão e converteu-se na sua figura mais emblemática durante as seis épocas que vestiu a camisola dos "colchoneros" até se transferir para o futebol inglês, primeiro para o Liverpool, depois para o Chelsea, conquistando títulos, tal como ao serviço da seleção espanhola, com a qual se sagrou duas vezes campeão europeu (2008 e 2012) e uma vez campeão mundial (2010).

No mercado de inverno da época 2014/15, regressou ao Vicente Calderón, onde foi alvo de uma receção calorosa por parte dos adeptos do clube, e nestas últimas duas épocas e meia marcou 28 golos.

Recorde-se que o Atlético Madrid está proibido de inscrever jogadores no mercado de verão, em julho e agosto, devido a irregularidades na contratação de jogadores menores.

O indeferimento do recurso do Atlético para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) da pena imposta pela FIFA, vai 'barrar' o reforço do plantel madrileno até janeiro de 2018

O vizinho Real Madrid também tinha sido alvo do mesmo castigo, mas, neste caso, o recurso ao TAS permitiu aos "merengues" ver reduzida a pena para apenas o mercado de inverno.

Lusa

  • Famílias das vítimas de Pedrógão criam associação para apurar responsabilidades
    2:13
  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15