sicnot

Perfil

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Mercado de transferências

Wayne Rooney deixa o Manchester United e regressa ao Everton

Andrew Yates

Wayne Rooney assinou hoje contrato com o Everton por dois anos, regressando ao clube depois de 13 anos com a camisola do Manchester United, anunciou hoje o emblema de Liverpool da liga inglesa de futebol.

Em 2004, Rooney tinha sido contratado ao Everton pelo Manchester United, a troco de 27 milhões de libras (cerca de 30,5 milhões de euros), fazendo agora o caminho inverso.

Na última época, Rooney não foi aposta habitual do treinador português José Mourinho, voltando agora ao clube onde se formou.

Rooney, que é o melhor marcador de sempre da seleção inglesa, com 53 golos, marcou por 183 vezes em 393 jogos pelos 'red devils', que no sábado garantiram a contratação do avançado belga Romeçu Lukaku, precisamente ao Everton.

Lusa

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.